Money Week
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Michel Temer é convidado da Money Week Cenários 2022. Garanta sua vaga!

Michel Temer é convidado da Money Week Cenários 2022. Garanta sua vaga!

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

30 Dez 2021 às 18:00 · Última atualização: 08 Jun 2022 · 4 min leitura

Redação EuQueroInvestir

30 Dez 2021 às 18:00 · 4 min leitura
Última atualização: 08 Jun 2022

Michel Temer

A sexta edição da Money Week, que acontece entre os dias 11 a 14 de janeiro de 2022, discutirá os cenários para 2022 e contará com figuras ilustres da política e do noticiário econômico e financeiro nacional e internacional. Uma dessas personalidades é Michel Temer, que assumiu a presidência da república logo após o impeachment de Dilma Roussef, em 2016.

A seguir, saiba mais sobre a trajetória de Michel Temer.

Michel Temer: saiba mais sobre o político

Michel Miguel Elias Temer Lulia nasceu em 1940 em Tietê, São Paulo. Ingressou na faculdade de Direito da Universidade de São Paulo em 1959 e, em 1974, concluiu doutorado em Direito Público na PUC-SP.

Antes de ingressar na carreira política, exerceu a advocacia por sete anos. A partir de 1970, começou a atuar como procurador do estado de São Paulo, tendo sido indicado para a Procuradoria Geral do estado em 1983 pelo então governador Franco Montoro. No ano seguinte, foi nomeado secretário de Segurança Pública.

A Temer atribui-se algumas melhorias na segurança pública, como o aumento do efetivo da Polícia Militar e o incentivo a sistemas privados de segurança como forma de auxílio ao estado. Além disso, reestruturou a polícia estadual por meio de lei que definia a aposentadoria compulsória para delegados de polícia. Nesse sentido, a referida lei era aplicada a quem chegasse a 30 anos de serviço público (25 dos quais, no mínimo, dedicados à polícia) e que estivessem há, pelo menos, cinco anos no nível mais alto da carreira.

Michel Temer também criou a primeira Delegacia da Mulher, em 1985. Além disso, instituiu a Delegacia de Proteção aos Direitos Autorais e a Delegacia de Apuração de Crimes Raciais.

Vida política

Michel Temer exonerou-se da Segurança Pública em 1986 para se candidatar a deputado federal constituinte naquele ano. Dessa forma, concorreu pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), tendo sido eleito como suplente.

Depois da constituinte, foi reconduzido ao cargo de deputado federal por cinco vezes. Chegou a se licenciar em 1992, para reassumir a Secretaria da Segurança Pública, mas retornou à Câmara dos Deputados, tendo presidido a Casa em 1997, 1999 e 2009. Em 2001, o político foi eleito presidente nacional do PMDB.

Temer no governo Dilma Roussef

Na eleição presidencial de 2010, Michel Temer foi eleito vice da então presidenta Dilma Roussef. Na ocasião, ele também assumiu a responsabilidade pela articulação política do governo.

Em uma disputa acirrada, Dilma e Temer conquistaram o segundo mandato em 2014. Um ano depois, as funções da Secretaria de Relações Institucionais, que foi extinta, foram transferidas para o vice de Dilma.

Já no primeiro ano do novo mantado do governo Dilma, instalou-se no país uma crise econômica e de confiança, com denúncias generalizadas de corrupção. Após as denúncias da “Operação Lava-Jato”, Michel Temer se afastou oficialmente da articulação política do governo.

Um ano depois, em março de 2016, o partido de Temer deixou a base do governo para dar apoio ao impeachment da presidente Dilma, que jpa tramitava na Câmara dos Deputados. O impeachment foi de fato aprovado pela Câmara em abril de 2016. A partir daí, o Senado foi autorizado a julgar Dilma Roussef por crime de responsabilidade.

Michel Temer assumiu interinamente a Presidência da República em 12 de maio de 2016. Dessa forma, tornou-se o 37° presidente do Brasil, tendo ficado no cargo até 31 de dezembro de 2018.

Em seu governo, se destacam as seguintes medidas: controle dos gastos públicos via PEC 55 (PEC do teto de gastos), reforma trabalhista de 2017 e Lei da Terceirização.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias