Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Iguatemi (IGTI11) anuncia aumento de capital e conclusão de bookbuilding

Iguatemi (IGTI11) anuncia aumento de capital e conclusão de bookbuilding

Osni Alves

Osni Alves

21 Set 2022 às 06:37 · Última atualização: 21 Set 2022 · 3 min leitura

Osni Alves

21 Set 2022 às 06:37 · 3 min leitura
Última atualização: 21 Set 2022

Imagem mostra a área interna de um shopping center de forma parcial.

A administradora de shoppings Iguatemi (IGTI11) anunciou um aumento de capital, bem como a conclusão de seu processo de bookbuilding (captura de demanda dos investidores por ações).

De acordo com documento encaminhado ao mercado, o aumento de capital se dará no âmbito da oferta pública de distribuição primária, com esforços restritos de distribuição, de certificados de depósitos de ações, representativos cada um de uma ação ordinária e duas ações preferenciais, todas nominativas, escriturais, sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames.

“O capital social da companhia passará de R$ 1.099.515.568,97 para R$1.819.551.808,97, um aumento, portanto, no montante de R$ 720.036.240,00, mediante a emissão, em decorrência da oferta, de 36.476.000 Ações Ordinárias e 72.952.000 Ações Preferenciais, inclusive Ações Ordinárias e Ações Preferenciais subjacentes às Units”, disse.

E acrescentou: “o preço por Units foi de R$ 19,74, compreendendo o Preço por Ação Ordinária de R$ 2,82 e o Preço por Ação Preferencial de R$ 8,46, e a companhia pretende utilizar os recursos líquidos obtidos por meio da oferta para reforço da estrutura de capital.”

Imagem mostra a área interna de um shopping center de forma parcial.

Iguatemi (IGTA3) explica seu bookbuilding

Em outro documento encaminhado ao mercado, a companhia destacou que o início de negociação das Units e das Ações na B3 ocorrerá no dia 22 de setembro de 2022, e a efetiva liquidação da oferta ocorrerá em 23 de setembro de 2022.

Também disse que a oferta está sendo realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado, sob a coordenação do Banco BTG Pactual (BPAC11), Banco Bradesco BBI, banco Itaú BBA, Banco Santander, e Banco de Investimentos Credit Suisse.

2TRI22

Em agosto de 2022 a companhia divulgou seu balanço corporativo referente ao segundo trimestre de 2022, quando obteve prejuízo líquido de R$ 133,3 milhões frente o lucro de R$ 317,9 milhões do segundo trimestre de 2021.

Em nota, justificou que o prejuízo se deu por conta de sua participação em outra companhia, a Infracommerce (IFCM3), empresa de tecnologia para o varejo, cujas ações estão em queda livre.

Assim, sem contar o resultado da Infracommerce e outros itens sem efeito direto no caixa (como a linearização), o Iguatemi apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 55,4 milhões, um crescimento de 166% na mesma base de comparação anual.

Já o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 166,6 milhões, aumento de 61%. A margem Ebitda cresceu 5 pontos porcentuais, para 65,7%.

A receita líquida totalizou R$ 253,6 milhões, alta de 48,8%, influenciada pelo aumento na receita com os aluguéis cobrados dos lojistas e receitas com estacionamentos com o maior fluxo de visitantes.

IGTI11

Confira o movimento da ação no Ibovespa.

Gráfico mostra o movimento da ação IGTI11.
  • Quer saber mais sobre o Iguatemi (IGTA3) e aprender a investir no mercado de capitais? Clique aqui!
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias