Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Custo Brasil: entenda o que é e como ele impacta a economia

Custo Brasil: entenda o que é e como ele impacta a economia

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

09 Fev 2022 às 19:00 · Última atualização: 09 Fev 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

09 Fev 2022 às 19:00 · 3 min leitura
Última atualização: 09 Fev 2022

custo Brasil

Reprodução/Internet

Custo Brasil indica o esforço em produzir e vender algo dentro do país. Esse termo ainda resume os meios burocráticos, os problemas trabalhistas e também questões estruturais e financeiras que atrapalham o crescimento da nação.

O que é Custo Brasil?

O custo Brasil é uma expressão usada para explicar os problemas econômicos e burocráticos, assim como de estrutura e trabalhistas do país. É por meio dele que os produtos nacionais tornam-se mais caros. Além disso:

  • Torna mais alto o valor de impostos pagos;
  • O custo de logística aumenta em relação aos demais países;
  • Compromete parte dos investimentos das empresas;
  • Contribui para a carga tributária excessiva.

Qual o Custo Brasil hoje?

A estimativa é que esse índice retire das empresas no Brasil, cerca de R$ 1,5 trilhão por ano. Esse valor representa 22% do valor final do Produto Interno Bruto (PIB). Para chegar nesses números, são analisados alguns fatores como:

  • Capital humano empregado;
  • Pagamento em dia de todos os tributos;
  • Estrutura;
  • Capacidade de financiamento;
  • Segurança jurídica.

Como é a formação do Custo Brasil?

Para a formação desse índice são necessários oito componentes, sendo que, por meio deles, nota-se se uma empresa traz desenvolvimento ao país. Assim, são eles:

  1. Valor da carga tributária;
  2. Custos portuários;
  3. Transporte;
  4. Gastos trabalhistas;
  5. Financiamentos realizados pelas empresas;
  6. Produção e custo de energia;
  7. Telecomunicações;
  8. Regulamentação governamental.

O que esse índice afeta no Brasil?

Responsável por afetar fatores como educação, saúde e infraestrutura, o Custo Brasil também traz problemas no desenvolvimento social e humano. Além disso, com base nesse índice, o país ocupa a 79ª posição no IDH, Índice de Desenvolvimento Humano da ONU.

Essa realidade precisa mudar, já que o Brasil está nessa colocação há mais de três anos, sem nenhum avanço no desenvolvimento social. Portanto, a redução desse custo é importante para que o país cresça novamente.

Qual a composição do Custo Brasil?

A composição do Custo Brasil é feita com base nos fatores como alta burocracia, riscos judiciais, além de problemas na infraestrutura e formação tributária. Assim, veja como cada fator é descrito.

Tributos

São impostos cobrados sobre a renda física seja de empresas, pessoas ou mercadorias. Assim como, outros encargos associados na produção dentro do país. Torna então, os preços dos produtos nacionais mais caros que de outros países.

Alta burocracia

O Brasil é um dos países com maior burocracia para atividades essenciais das empresas. Gera assim, gasto de tempo, esforço e também alto custo de capital para essas companhias.

Problemas na infraestrutura

Por conta de muitos problemas na infraestrutura do país, transporte, distribuição e até a comercialização são prejudicados. Afinal, por conta de seus custos, os produtos acabam se tornando mais caros.

Certamente, a falta de hidrovias, ferrovias, aeroportos e também portos prejudica ainda mais a logística das empresas.

Riscos judiciais

A legislação brasileira é muito complexa e isso interfere em todos os processos de uma companhia. Já que, por questões judiciais, devido a essas leis, as empresas acabam tendo gastos altos.

É necessário reduzir o Custo Brasil?

Reduzir o Custo Brasil é importante, pois, será possível que novas empresas cresçam no país. Trazendo assim, além de novos investimentos, crescimento para a economia nacional e melhora de serviços como educação, saúde e segurança.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias