Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Série indicadores econômicos: PMI mede a atividade econômica de um país; saiba tudo aqui

Série indicadores econômicos: PMI mede a atividade econômica de um país; saiba tudo aqui

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

25 Fev 2022 às 16:00 · Última atualização: 25 Fev 2022 · 5 min leitura

Redação EuQueroInvestir

25 Fev 2022 às 16:00 · 5 min leitura
Última atualização: 25 Fev 2022

siderugia

BC reduz para zero previsão de crescimento do PIB em 2020

Calcular a economia de um país é algo complexo e que demanda uma série de levantamentos que são feitos por meio dos indicadores. O PMI, por exemplo, é um dos mais tradicionais e sempre que é divulgado, todos correm para checar suas informações.

Uma nação precisa ter dados regulares acerca de si mesma para saber se está saudável financeiramente ou se precisa ajustar sua economia. De igual modo, quem opera no mercado de capitais tem a obrigação de conhecer e acompanhar a produção industrial mundial.

E é sobre isso que vamos tratar neste artigo e, até o final dele, você vai saber tudo sobre o indicador que vai passar a fazer parte de sua vida, caso seu objetivo seja negociar ações.

Monitor do PIB

Mas, afinal, o que é o PMI?

Pois bem, o PMI, ou Purchasing Manager’s Index, é um indicador que mede a atividade econômica de um país a partir de pesquisas mensais realizadas por uma empresa privada.

Ele também é conhecido como Índice de Gerentes de Compra e tem por principal objetivo fornecer informações sobre a temperatura de alguns setores da economia e orientar os diversos profissionais do mercado.

Podemos dizer que os dados do PMI são importantes para os profissionais tomarem decisões, não apenas nas empresas, mas também no mercado financeiro.

Vale ressaltar que o PMI é calculado por uma empresa chamada IHS Markit que fornece informações, análises e soluções a nível global.

Na prática, ele indica o resultado de pesquisas de negócios para auxiliar os profissionais na tomada de decisão.

Podemos dizer que ele mensura dados estatísticos de alguns setores da economia como indústria, manufatura e serviços. Por sua credibilidade, é usado como referência nos bancos centrais.

Além disso, o PMI Index é calculado em mais de 40 países.

Como o PMI é elaborado na prática?

Esta é uma boa pergunta e podemos respondê-la usando o Brasil como exemplo, pois, por aqui o PMI é mensurado a partir do resultado de um questionário enviado para gerentes de compras em cerca de 400 empresas.

Por meio desse questionário, são levantados dados estatísticos do setor industrial, também considerando, por exemplo, o número de empregados daquela indústria que respondeu o levantamento. Todos esses dados mostram a relevância daquela organização para o país.

Podemos dizer, ainda, que o cálculo do Brasil PMI Industrial é comparado com o mês anterior e utilizado como parâmetro para avaliar as atividades do setor.

Entretanto, vale ressaltar que cada país tem suas características e nos Estados Unidos (EUA), por exemplo, o PMI Industrial Markit é um índice que mensura as condições de negócios do setor industrial. Assim, ele é calculado pela IHS Markit por meio de pesquisas mensais que são enviadas aos gerentes de compra em empresas manufatureiras.

E isso faz com que ele seja considerado o indicador da inflação e produção e, por esse viés, o resultado pode impactar na cotação do dólar e nas condições do mercado.

Um ponto a ser elencado é que o PMI Industrial dos EUA divulgado pela Markit mensura apenas as informações de empresas de setor privado.

Já o PMI Industrial do ISM apresenta os resultados das pesquisas mensais realizadas com gerentes de compras em 18 segmentos no setor industrial dos EUA.

Ou seja, diferentemente do cálculo feito pelo Markit, o ISM (Instituto de Gestão de Fornecimento) não restringe apenas as empresas do setor privado, mas todas as listadas na NAICS (Sistema Norte-Americano de Classificação de Setores).

O índice na China, por sua vez, é o PMI Industrial Caixin e mede a temperatura do setor industrial do país.

Ele é mensurado a partir de questionários que são enviados aos gerentes de compras em cerca de 500 empresas do país e, assim, sonda as mudanças nas condições de negócios em comparação ao mês anterior a partir de perguntas como volume de produção; emprego; preços de insumos e produtos; estoques de bens finais e adquiridos; velocidade de entrega de pedidos.

Já entendi como é elaborado, mas como é calculado?

De fato, a elaboração se dá por meio de questionários enviados aos gerentes de compras das organizações e, depois que os dados retornam, é hora de calcular.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI) é calculado a partir da média ponderada dos dados estatísticos de alguns setores da economia, e seu cálculo pode ser composto tanto pelo setor de indústria como de serviços. Assim, a divulgação dos resultados é feita mensalmente, sendo aguardada por toda imprensa global.

Na prática, ele tem variação de 0 a 100 e, desse modo, uma leitura acima dos 50 indica que o setor avaliado está em crescimento. Entretanto, um resultado inferior a 50 indica uma contração e desperta um sinal de alerta entre os empresários.

Qual sua importância para o investidor?

Bom, da perspectiva do investidor, as informações extraídas do Índice PMI podem ajudar a enxergar com mais clareza economias que estão em ascensão e outras em queda. Com isso, é possível antecipar tendências tanto para investir e ganhar dinheiro, quanto para se proteger contra a oscilação do mercado.

A China, por exemplo, é uma das economias mais fortes do mundo, com uma produção extremamente relevante, mas, ao mesmo tempo, um mercado altamente regulado. Recentemente, muita gente apostou no segmento de tecnologia, entretanto, questões legais internas acabaram prejudicando o resultado de algumas operações. E isso se refletiu nas ações.

Isso não significa que esse mercado ficou menos atrativo, mas que ele tem alguns riscos inerentes e que devem ser levados em consideração na hora de marcar posição. Assim, o PMI te ajuda a enxergar certas nuances que a “olho nu” seria bem mais difícil.

Lembre-se: é muito importante que o investidor não dependa apenas do seu feeling, mas que sua tomada de decisão esteja ancorada em dados e fatos.

Invista com segurança

Quer conhecer mais investimentos? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para mostrar as aplicações disponíveis!

Confira aqui como um assessor de investimentos pode te ajudar em 2022!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias