Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Planilha de ações: baixe e faça sua análise para investir

Planilha de ações: baixe e faça sua análise para investir

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

02 Ago 2022 às 15:52 · Última atualização: 02 Ago 2022 · 4 min leitura

Redação EuQueroInvestir

02 Ago 2022 às 15:52 · 4 min leitura
Última atualização: 02 Ago 2022

Imagem mostra um gráfico de ações.

Planilhas de ações costumam ser recursos essenciais para quem quer operar o mercado acionário com mais destreza.

“Com as planilhas fica mais fácil ranquear as empresas, conforme dados fundamentalistas, utilizando a Fórmula Mágica de Greenblatt”, diz o CEO da  EQI Investimentos, Juliano Custodio, que ensinou em vídeo (confira abaixo) como comprar ações com prazos mais longos, mexendo menos na carteira e com escolhas mais adequadas.

A Fórmula Mágica de Greenblatt citada por Juliano consiste em identificar, de maneira simples, companhias listadas em bolsa que tenham alto valor e fundamentos sólidos, mas que estejam sendo negociadas a preços mais baixos.

A planilha

O recurso das planilhas também favorece a busca por empresas diretamente pelo ticker, que é o código que a companhia utiliza na Bolsa.

Elaborada pelo próprio Custódio, a planilha traz o setor da empresa e também as divisões pelas quais as companhias são classificadas na Bolsa.

Esta classificação é referente ao segmento em que atuam, como Alimentos, Transportes, Shoppings, Energia, Mineração etc.

Alguns do indicadores que constam na planilha:

Dividend Yield (DY)

O Dividend Yield é uma das formas de medir o desempenho de uma empresa aberta – e, em português, significa Rendimento de Dividendos.

Basicamente, o DY mede o desempenho da empresa de acordo com os dividendos pagos aos seus acionistas.

Adicionalmente, mostra qual é a relação entre os dividendos distribuídos e o preço atual da ação.

Quanto maior for a distribuição de dividendos, mais elevado será o percentual de DY.

Para quem quer comprar ações, um DY elevado é um ótimo sinal.

Preço da ação/Lucro (P/L)

Outro indicador bastante utilizado para a análise de uma ação é o P/L, que mede a relação entre o preço atual de uma ação e o lucro por ação acumulado nos últimos 12 meses.

Quanto mais elevado for o P/L da empresa analisada, maior é a disposição do mercado em pagar pelos lucros da empresa.

Assim, um P/L alto também pode significar que o mercado tem expectativas altas para o papel, pressionando o preço para cima.

Um P/L baixo pode indicar que o mercado não está tão confiante em relação aquele papel.

Contudo, pode indicar uma boa oportunidade que ainda não foi percebida pelo mercado. Em outras palavras, um múltiplo baixo pode sinalizar que a ação está atrativa.

Preço da ação sobre Valor Patrimonial (P/VP)

Mais um indicador bastante utilizado é P/VP, que calcula o valor da empresa em bolsa dividido pelo patrimônio líquido.

Este mesmo raciocínio se aplica à fórmula P/VPA, quando se divide o preço da ação pelo valor patrimonial por ação.

Em resumo, quando o P/VP está abaixo 1, significa que a empresa vale em bolsa menos do que o seu patrimônio líquido. O que, dependendo do contexto, como em momentos de crise, pode representar uma oportunidade.

Já se estiver abaixo de 1, indica que o mercado está vendo alguma desvantagem naquele ativo.

Ou seja, o ativo está sendo negociado a um valor menor do que o valor do patrimônio.

Assessoria especializada

Agora que você já sabe mais sobre como analisar uma ação é possível contar com uma assessoria especializada, prestada por um profissional que acompanha de perto todos esses indicadores e oportunidades.

Quer saber mais sobre a planilha de ações? Preencha o formulário que um assessor da EQI entrará em contato. Aproveite e confira nossos materiais gratuitos, com e-books e ferramentas exclusivas para te ajudar nos seus investimentos.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias