Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Minerva (BEEF3): BTG (BPAC11) reitera compra após 2TRI22

Minerva (BEEF3): BTG (BPAC11) reitera compra após 2TRI22

Matheus Miranda

Matheus Miranda

11 Ago 2022 às 17:00 · Última atualização: 11 Ago 2022 · 4 min leitura

Matheus Miranda

11 Ago 2022 às 17:00 · 4 min leitura
Última atualização: 11 Ago 2022

Minerva (BEEF3)

Pixabay

A Minerva (BEEF3) registrou, no segundo trimestre do ano, uma receita acima do esperado, de acordo com avaliação do BTG Pactual (BPAC11). Segundo o banco, a ampla oferta de gado impulsionou os volumes. Com esse trimestre, considerado forte, o banco reiterou sua compra das ações da produtora de carne.

A empresa registrou, no 2TRI22, recorde de R$ 778 milhões, melhor do que a estimativa do BTG, acima do consenso e 43% maior perante o mesmo período do ano passado. Segundo o BTG, assim como nos últimos trimestres, a receita foi novamente o principal impulsionador, crescendo 35% a/a para R$ 8,5 bilhões, 9% acima da nossa projeção com volumes 13% maiores a/a (8% acima da estimativa BTG), com a oferta de gado aumentando significativamente no Brasil.

A margem EBITDA de 9,2% ficou 40bps abaixo da expectativa, devido a um aumento anormal de 61% nas despesas com vendas, possivelmente explicado pelos custos de frete, que mais do que compensaram a margem bruta mais forte (130bps maior a/a). O forte lucro líquido de R$ 425 milhões foi impulsionado pela reversão do imposto de renda.

Minerva (BEEF3): dividendos a caminho

Ainda de acordo com o relatório do banco, a dívida líquida aumentou ligeiramente devido ao pagamento de dividendos em maio deste ano, bem como a desvalorização do real. Excluindo esses efeitos e os resultados dos derivativos, a geração de FCFE, medida pela variação da dívida líquida, foi de R$ 416 milhões, ou equivalente a um yield de 5,5%.

O maior EBITDA dos últimos 12 meses, de R$ 2,8 bilhões, também significa que o índice de alavancagem caiu para 2,3x. A Minerva também anunciou dividendos intermediários de R$ 128 milhões (R$ 0,22/ação), um yield de 1,7%.

A Minerva bateu um recorde de 1,036 bilhão de cabeças de gado processadas no trimestre, um aumento de 19% a/a.

“Acreditamos que isso reflete o estágio inicial de um ciclo mais forte de oferta de gado no Brasil, que deve se traduzir em um ganho contínuo na disponibilidade de gado, que historicamente tem gerado margens mais fortes”, aponta trecho do relatório.

O fato de os volumes terem se expandido sem exigir muito mais capital de giro (ou queda de margem) em muitos aspectos atesta a boa execução e as opções que a crescente demanda de carne bovina no exterior oferece agora, conforme avalia o banco.

“Além disso, com os Estados Unidos entrando em uma fase de menor disponibilidade de gado e o amplo acesso da Minerva aos mercados chinês e do Oriente Médio por meio de sua plataforma sul-americana, também é um bom indicador para um período sustentável de altos preços de carne bovina”, aponta outro trecho.

Preço-alvo de R$ 20 por ação

O BTG informou que os resultados da Minerva no 2T22 são animadores, foram limpos e eliminaram algumas das preocupações de conversão de caixa presentes no trimestre anterior.

“Também achamos que eles sugerem um momentum para o preço das ações, com base em potenciais ajustes positivos das estimativas do consenso, bem como em nossas estimativas de receita e de EBITDA. Acreditamos agora que o EBITDA de 2022 da Minerva pode se aproximar de nossa projeção atual de 2023, tornando o valuation ainda mais descontado”, completa o relatório.

Resultado no 2TRI22

A Minerva (BEEF3) informou lucro líquido de R$ 424,7 milhões no 2TRI22. Esse resultado é 264% maior frente ao mesmo período do ano passado.

Quer mais informações sobre Minerva (BEEF3) e assessoria sobre como investir? Preencha o formulário que um assessor EQI entrará em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias