Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Fiagro: por que investir em fundos imobiliários do agronegócio? Saiba agora!

Fiagro: por que investir em fundos imobiliários do agronegócio? Saiba agora!

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

21 Fev 2022 às 15:00 · Última atualização: 21 Fev 2022 · 4 min leitura

Redação EuQueroInvestir

21 Fev 2022 às 15:00 · 4 min leitura
Última atualização: 21 Fev 2022

Fiagro

Divulgação

Um novo veículo de investimentos surgiu no mercado brasileiro com grande destaque: trata-se do Fiagro. Um fundo imobiliário voltado ao agronegócio brasileiro que investe seus recursos em recebíveis do agronegócio e também em terras agrícolas.

Este artigo fala melhor desse investimento. Ao ler o texto, você entenderá o que é esse novo investimento chamado Fiagro. Saberá quais são as razões para aplicar nesse fundo, bem como conhecerá seus diferenciais. Por fim, tomará conhecimento dos riscos associados.

Não perca tempo e continue a leitura agora mesmo!

O que é um Fiagro?

O Fiagro é a nova modalidade de investimentos do mercado financeiro brasileiro criado no ano de 2021 por meio da Lei 14.130. O objetivo do governo é de fortalecer o setor do agronegócio.

Também conhecidos como Fundos de Investimento em Cadeias Produtivas Agroindustriais, os Fiagros visam melhorar a captação de recursos do setor, que antes tinham basicamente apenas os bancos como agentes financiadores.

Dessa forma, esses fundos ficam a disposição do investidor para serem adquiridos por meio de cotas. O recurso captado serve para aumentar a participação do agronegócio no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Como os Fiagros configuram uma categoria de fundo de investimento imobiliário, eles podem investir também em imóveis ligados ao agronegócio, como terras e galpões logísticos de armazenamento de grãos.

Para o investidor, existe a vantagem de receber dividendos mensais advindo dos aluguéis e operações de compra e venda desses imóveis.

Um ponto muito favorável para quem investe nesse tipo de fundo é ser isento do pagamento de imposto de renda sobre os dividendos recebidos.

Fiagro

Porque investir em um Fiagro?

Existem diversas boas razões para investir em Fiagros. A primeira delas é o ativo alvo.

Estamos falando do agronegócio brasileiro, um setor que só cresce e que tem grande relevância no cenário nacional e mundial.

O Brasil alimenta nada menos que 1 bilhão de pessoas no mundo e isso evidencia a importância dessa cadeia produtiva do país.

Em segundo lugar, o investidor tem a possibilidade de ter retornos isentos de imposto de renda. Isso é um grande potencializador da aplicação, pois o dinheiro que seria destinado aos tributos pode ficar no bolso de quem investe.

Para quem tem um plano de investimentos bem definido isso pode ser ainda mais vantajoso. A razão dessa afirmação é que é possível reinvestir os lucros. Com isso, cada novo pagamento de dividendos torna-se ainda maior.

Por fim, existe um importante fator nesse mercado que provê uma proteção adicional ao recurso aplicado. Trata-se do mercado futuro.

Nele, são negociados contratos de compra e venda com liquidação futura, mas com o preço acordado no presente. Esse mecanismo existe para toda mercadoria considerada uma commodity.

Como soja, milho, café arábica e boi gordo fazem parte dessa classificação, também há instrumentos para serem negociados em seus respectivos mercados.

Assim, mesmo que haja uma derrubada dos preços no mercado internacional, os produtores que usam o mercado futuro podem garantir o preço de venda de suas mercadorias.

Isso protege o mercado como um todo e, consequentemente, o recurso aplicado pelo investidor em um Fiagro.

Quais são os riscos desse fundo imobiliário?

Os riscos presentes em Fiagros são praticamente os mesmos da maioria dos fundos imobiliários existentes no mercado, com a diferenciação de estarem intimamente ligados ao setor do agronegócio.

Ou seja, não há razão para grandes preocupações, pois o setor já existe e é bastante próspero há várias décadas. Certamente não é o surgimento de um veículo de investimentos que derrubará toda uma cadeia produtiva.

Assim, existe o risco natural de mercado, que pode atingir o preço das cotas do fundo. Um bom exemplo é o momento vivido atualmente, no qual a taxa básica de juros sofre uma alta e os recursos migram para a renda fixa.

Isso faz com que a renda variável (na qual se incluem os Fiagros) tenha uma desvalorização temporária. Mas o investidor de médio e longo prazo costuma enxergar isso como uma oportunidade e não como um problema.

Além disso, pode haver o risco de crédito por parte dos emissores dos títulos nos o Fiagro investe, o que é natural do mercado. A gestão profissional do fundo é responsável por escolher bons papéis.

Outros riscos presentes são o de liquides e a volatilidade da bolsa de valores, que se reflete no valor das cotas. No entanto, isso é absolutamente normal e faz parte desse mercado.

Investir em Fiagros é uma ótima alternativa de diversificar o patrimônio, pois se trata de um setor de grande relevância no cenário nacional. Uma das grandes vantagens e receber proventos isentos de imposto de renda, o que permite ao investidor reaplicar seus ganhos e potencializar seu retorno.

  • Quer conhecer melhor sobre opções de investimentos? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato!
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias