Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Confira as empresas que mais pagaram dividendos no primeiro trimestre de 2022

Confira as empresas que mais pagaram dividendos no primeiro trimestre de 2022

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

07 Abr 2022 às 12:10 · Última atualização: 07 Abr 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

07 Abr 2022 às 12:10 · 2 min leitura
Última atualização: 07 Abr 2022

dividendos

dividendos

Quem gosta de investir com a estratégia de dividendos deve ficar de olho nas maiores pagadoras de proventos. Somente no primeiro trimestre de 2022 as 10 empresas que mais pagaram dividendos no Brasil distribuíram R$ 38 bilhões aos seus acionistas.

No total, 90 das companhias listadas na Bolsa de Valores distribuíram proventos nos três primeiros meses deste ano.

A campeã de distribuição de dividendos no primeiro trimestre, de acordo com levantamento feito pela Comdinheiro, foi a Vale (VALE3). A mineradora distribuiu R$ 17,99 bilhões de proventos nos primeiros três meses do ano. O valor foi de R$ 3,72 por ação. O valor distribuído é o triplo da segunda colocada da lista.

No ranking compilado pela Comdinheiro, os bancos se destacam. Depois da Vale, Santander (SANB11) e Banco do Brasil (BBAS3) ocupam, respectivamente, a segunda e a terceira posição. O Santander distribuiu R$ 6,5 bilhões (R$ 0,87 por ação), enquanto que o Banco do Brasil pagou R$ 2,94 bilhões em proventos, sendo R$ 1,03 por ação.

Os dados levam em conta as empresas que já distribuíram seus lucros às acionistas no primeiro trimestre. Ou seja, o recurso já saiu do caixa das companhias, foi distribuído e até já impactou no preço das ações.

Confira abaixo as 10 maiores pagadoras de dividendos no 1TRI22

Empresa | Provento por Ação | Total distribuído no 1TRI22

  • Vale (VALE3) | R$ 3,72 R$ 17,99 bilhões
  • Santander (SANB11) | R$ 0,87 | R$ 6,50 bilhões
  • Banco do Brasil (BBAS3) | R$ 1,03 | R$ 2,94 bilhões
  • Itaúsa (ITSA4) | R$ 0,25 | R$ 2,18 bilhões
  • Klabin (KLBN11) | R$ 0,34 | R$ 1,88 bilhão
  • BB Seguridade (BBSE3) | R$ 0,93 | R$ 1,85 bilhão
  • BTG (BPAC11) | R$ 0,15 | R$ 1,69 bilhão
  • B3 (B3SA3) | R$ 0,18 | R$ 1,10 bilhão
  • Weg (WEGE3) | R$ 0,24 | R$ 1,01 bilhão
  • Suzano (SUZB3) | R$ 0,74 | R$ 1 bilhão

Vale é a mais recomendada de abril

A ação da mineradora Vale (VALE3) foi novamente a mais recomendada para o mês de abril, com sete recomendações de casas de análises. Ela liderou as indicações de janeiro, fevereiro e de março.

O levantamento foi feito a partir de 10 carteiras recomendadas das casas de análises BTG Pactual, Ativa Investimentos, Nu Invest, Mirae Investimentos, Planner BB Investimentos, Elite Investimentos, Safra, Genial, Órama e Terra Investimentos.

Em relatório de fevereiro, o BTG Pactual (BPAC11) reiterou a recomendação de compra da Vale (VALE3). Isto porque os analistas consideram que as revisões de lucro da mineradora devem ser para cima. De acordo com a instituição, a divisão de metais básicos da Vale pode ser uma fonte de retorno potencial que não está sendo precificado pelo mercado.

“Esperamos que o consenso revise (em torno de 20% para cima) as expectativas de lucros nas próximas semanas. Recomendamos aos investidores que comprem Vale no preço atual”, disse o BTG em fevereiro. O preço-alvo é de R$ 115. No pregão desta quarta-feira, a ação fechou em R$ 96,55.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias