Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Buy and hold: quais empresas são para comprar e segurar?

Buy and hold: quais empresas são para comprar e segurar?

Denis Miyabara

Denis Miyabara

22 Ago 2022 às 14:27 · Última atualização: 22 Ago 2022 · 4 min leitura

Denis Miyabara

22 Ago 2022 às 14:27 · 4 min leitura
Última atualização: 22 Ago 2022

foto de gráficos de ações

Reprodução/Pixabay

Buy and hold” é uma filosofia ou metodologia de investimentos que consiste em, basicamente, comprar e segurar as ações por um longo prazo ou até mesmo nunca vendê-la.

Normalmente, quem faz isso tem um olhar de sócio e não, puramente, especulativo sobre o investimento.

Essa filosofia, por incrível que pareça, também é cíclica e, no momento, está sendo muito evidenciada.

Pois é exatamente nos momentos pós-crise que os holofotes se voltam para esse tipo de investimento.

Isso porque há muita decepção com ações de empresas especulativas nesses períodos e o pensamento volta para o senso comum de: “ah, se eu tivesse investido em empresa X… Em empresa y…”.

Essas empresas X e Y, normalmente, são as que que os buy and holders já estão comprados ou namorando.

Todavia, em sentido contrário, em momentos de juros baixo, essas empresas parecem virar abóboras e perdem o encanto.

Ficam escanteadas, já que, nesses períodos, não sofrem com tanta volatilidade em suas cotações e não têm subidas gigantescas como as de algumas small caps e, mais recentemente, de ex-startups e techs – que caíram recentemente na mesma velocidade e intensidade que subiram há uns anos.

Buy and hold: quais empresas comprar?

Entendido isso, você deve estar se perguntando: tá, mas eu devo ser sócio de que empresas, então?

Aí é uma pergunta que vai depender muito. Mas dá para se criar um mínimo padrão para começar o processo de escolha dessas ações.

  1. Olhe o ramo de atuação da empresa: ela é líder no setor e você é conhecedor desse setor?
  2. O quanto de dividendos essa empresa tem pago nos últimos anos? Escolha ações que pagam acima de 6% ao ano.
  3. Escolha ações que sobem seu lucro ano após ano.
  4. Procure setores que são essenciais para a sociedade, como, por exemplo, energia e saneamento.
  5. P/VP (preço sobre valor patrimonial): este indicador vai te mostrar se a cotação da ação está cara (acima de 1) ou barata (abaixo de 1).

Buy and hold: qual a hora de vender a ação?

Uma outra grande pergunta que sempre fazem para o investidor buy and hold é: qual é a hora de vender?

Normalmente, o buy and holde demora muito para comprar uma ação, porque, de fato, estudou muito a empresa antes de comprar.

Há alguns casos em que a empresa muda sua filosofia de investimento, como mais recentemente aconteceu com a Itaúsa (ITSA4), que deixou de ser uma “vaca leiteira” para os amantes de dividendos e, agora, quer crescer a sua base de empresas e está reinvestindo seus lucros na compra de participação de novas empresas.

Buy and hold: esta é a melhor maneira de investir?

Mas, agora, te pergunto. Será que essa é a melhor maneira de investir?

Pois bem, essa é uma filosofia bem romântica, fácil e simples para investir. O que eu vejo é que grandes investidores usam esse jeito de investir somente em parte de sua carteira.

Precisamos ser flexíveis ao investir e mudar de opinião sempre, pois a economia e a nossa vida são muito dinâmicas e, vira e mexe, surgem no feed do Instagram alguns gráficos das empresas que eram dominantes há 20 anos e, agora, algumas delas já sumiram do mapa ou já não têm tanta relevância.

Por isso, meus amigos, buy and hold ou não, façam a gestão ativa de suas carteiras e rebalanceie sempre que preciso. Afinal de contas, a amada de hoje pode ser o mico de amanhã.

Gráfico com recomendação de carteira de acordo com o perfil de investidor
Recomendação de carteira de acordo com o perfil de investidor

Confira nossas ferramentas gratuitas:

E se precisa de ajuda para um estudo da sua carteira de investimentos, é só chamar aqui a equipe da EQI. Preencha o formulário, clicando aqui, que um assessor irá entrar em contato.

Por Denis Miyabara, assessor de investimentos

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias