Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Vamos (VAMO3): EQI Research recomenda compra, com preço-alvo de R$ 20

Vamos (VAMO3): EQI Research recomenda compra, com preço-alvo de R$ 20

Claudia Zucare

Claudia Zucare

22 Set 2022 às 14:06 · Última atualização: 22 Set 2022 · 3 min leitura

Claudia Zucare

22 Set 2022 às 14:06 · 3 min leitura
Última atualização: 22 Set 2022

imagem de frota Vamos

Divulgação Vamos

A EQI Research iniciou a cobertura do Grupo Vamos (VAMO3), com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 20 para dezembro de 2023. Isto significa um potencial de valorização de mais de 43%, considerando a cotação desta quinta-feira, de R$ 13,90 (às 13h58).

A VAMO3 é controlada pela Simpar (SIMH3), empresa com mais de 60 anos de experiência no setor e que controla ainda JSL (transportes), Movida (locação leves) e Automob (concessionárias de veículos).

A Vamos é a maior empresa de locação de caminhões e máquinas do Brasil, com aproximadamente 34 mil veículos e uma rede de 51 concessionárias de veículos, bem como uma oficina de customização de caminhões.

Ação da Vamos tem valorização de mais de 20% no ano. Fonte: Google

Por que investir em VAMO3?

Segundo o relatório da EQI Research, a recomendação de compra se baseia no amplo domínio que a companhia construiu do mercado de locação de veículos pesados e máquinas.

“O modelo de negócio é viabilizado pelas condições de compra dos veículos, com descontos decorrentes de economia de escala, e pela natureza dos contratos de locação de longa duração, fortes garantias e previsibilidade de receita”.

“VAMO3 já é a maior compradora de caminhões no Brasil, e projetamos que o ritmo de expansão continuará forte nos próximos anos, aumentando ainda mais o poder de negociação com as montadoras e aumentando a diversificação da carteira de clientes”, complementa o analista Lucas Daniel.

A tese de investimento na VAMO3 foca em:

  • Criação de valor para os clientes: a terceirização da frota diminui a necessidade de investimentos, aumentando o retorno sobre o capital e diminuindo os riscos. No entanto, esse negócio só é viável para o locador que tem poder de negociação com os fornecedores de veículos pesados e uma carteira de clientes diversificada. Acreditamos que a VAMO é a empresa do segmento que melhor resolveu esta equação e, por isso, esperamos aumentos significativos de participação na frota de caminhões e máquinas nos próximos anos.
  • Escala: as economias de escala são fundamentais no negócio de locadoras. O poder de negociação na aquisição junto às montadoras e a estrutura comercial para a desmobilização dos ativos no final do contrato de locação são vantagens competitivas relevantes.
  • Modelo de negócio previsível: o modelo de negócio é baseado em contratos de longa duração e com fortes garantias, e é bem mais previsível do que o negócios de locação de veículos leves.

Principais riscos

A execução do plano de expansão da frota em um curto período de tempo, com expectativa de alcançar 100 mil veículos até 2025, é o principal risco. A companhia está exposta ao risco de gargalos operacionais e perda de eficiência na compra ou na venda dos veículos, podendo comprometer o ritmo de expansão ou a rentabilidade do negócio.

Quer saber mais sobre a Vamos (VAMO3), clique aqui, fale com um dos assessores da EQI Investimentos e tenha acesso exclusivo aos relatórios da EQI Research.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias