Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Inflação pelo IPC-S cai 0,95% na 3ª quadrissemana de agosto, aponta FGV

Inflação pelo IPC-S cai 0,95% na 3ª quadrissemana de agosto, aponta FGV

Osni Alves

Osni Alves

23 Ago 2022 às 08:20 · Última atualização: 23 Ago 2022 · 2 min leitura

Osni Alves

23 Ago 2022 às 08:20 · 2 min leitura
Última atualização: 23 Ago 2022

Imagem mostra algumas moedas sobre a mesa.

O IPC-S da terceira quadrissemana de agosto de 2022 caiu 0,95% e acumula alta de 6,22% nos últimos 12 meses. A evolução recente da variação acumulada em 12 meses encontra-se no gráfico do release.

Os dados foram divulgados nesta manhã pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), responsável pelo levantamento e, nesta apuração, cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação.

Trata-se do Índice de Preços ao Consumidor – Semanal e a maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo Educação, Leitura e Recreação cuja taxa de variação passou de -4,99%, na segunda quadrissemana de agosto de 2022 para -2,24% na terceira quadrissemana de agosto de 2022.

Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item passagem aérea, cujo preço variou -13,34%, ante -29,33% na edição anterior do IPC-S.

Tabela mostra a evolução do IPC-S da FGV.

Inflação pelo IPC-S

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Transportes (-4,99% para -4,31%), Habitação (-0,41% para -0,25%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,70% para 0,77%) e Despesas Diversas (0,34% para 0,35%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: gasolina (-16,45% para -14,34%), tarifa de eletricidade residencial (-3,66% para -3,07%), artigos de higiene e cuidado pessoal (1,08% para 1,48%) e serviço religioso e funerário (0,22% para 0,60%).

Em contrapartida, os grupos Alimentação (0,85% para 0,38%), Comunicação (-0,46% para -0,74%) e Vestuário (0,49% para 0,35%) apresentaram recuo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: laticínios (8,36% para 5,41%), tarifa de telefone móvel (-2,06% para -2,51%) e cintos e bolsas (0,42% para -0,58%).

  • Quer saber mais sobre o IPC-S e aprender a investir? Clique aqui!
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias