Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Por que investir em previdência privada? Confira 6 motivos e comece já!

Por que investir em previdência privada? Confira 6 motivos e comece já!

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

19 Ago 2022 às 04:15 · Última atualização: 19 Ago 2022 · 6 min leitura

Redação EuQueroInvestir

19 Ago 2022 às 04:15 · 6 min leitura
Última atualização: 19 Ago 2022

Menino coloca moeda no cofre de porquinho: previdência privada

Pixabay

Com o aumento da expectativa de vida e as recentes modificações de regras trazidas pela Reforma da Previdência, motivos não faltam para investir em previdência privada.

Se você tem dúvidas e ainda não parou para pensar no assunto, que tal conhecer alguns bons motivos para começar a investir em previdência? Continue a leitura, e confira o material que preparamos com orientações a respeito!

6 motivos para investir em previdência privada

Engana-se quem pensa que os fundos de previdência servem somente para custear a aposentadoria. Você pode utilizar a previdência para diversos outros fins, como veremos a seguir.

1 – Benefício fiscal

Existem dois tipos de planos de previdência privada: o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL.

Se você declara o Imposto de Renda pelo formulário completo e tem retenção na fonte, pode ter benefício fiscal ao contratar um PGBL. Isso porque o plano possibilita deduzir da base de cálculo do imposto até 12% do valor das contribuições mensais.

Caso as suas contribuições ultrapassem esse percentual, para continuar tendo um benefício fiscal, você pode contratar em paralelo um VGBL. A vantagem dessa modalidade é a tributação somente sobre os rendimentos.

2 – Planejamento financeiro

Investir em previdência privada é uma excelente forma de planejamento financeiro. Seja por meio de débitos programados na conta, ou por boletos, o fato é que ao contratar um plano de previdência, você se obriga a ter a disciplina de fazer aportes mensais.

E você não precisa, necessariamente, contratar planos de previdência de prazos longos. De acordo com Allan Teixeira, head de previdência da EQI, há um plano próprio para cada objetivo, que pode ser também de curto ou médio prazo.

Digamos que você esteja planejando dar uma viagem ou um presente a seu filho daqui a alguns anos. Para que você possa pagar isso com uma previdência, esses planos não precisam estar no longo prazo.

“Basta entender o valor que o cliente precisa no momento do saque e fazer uma previdência de acordo com essa necessidade. Nesse caso, o plano ideal seria um VGBL, pois ele irá pagar IR somente sobre o lucro da operação”, explica o head da EQI.

Inclusive, você pode contratar a previdência em nome do seu filho, pois isso traz ganhos fiscais interessantes. “Se o filho é dependente financeiro, o pai também pode ter vantagem tributária. Isso porque, se o filho não tiver receita no momento do saque, como a tabela é progressiva, ele pagará pouco ou nada de IR. Logo, o nível de tributação é diferente do patriarca”, observa Teixeira.

3 – Previdência não tem come-cotas

Em relação a alguns fundos de investimentos, outra vantagem de investir em previdência é a ausência do come-cotas.

O come-cotas é uma cobrança de IR que acontece a cada semestre (em maio e novembro) sobre os ganhos dos fundos de investimentos. No caso da previdência privada, isso não acontece.

Tanto no PGBL quanto no VGBL, o IR incidirá somente no resgate da aplicação. No caso do PGBL, a incidência será sobre o valor total, e no VGBL, sobre o rendimento do período do investimento.

4 – Acesso a excelentes fundos de investimentos

Ao investir em previdência privada, você consegue acessar uma grande variedade de fundos de investimentos.

Nesse sentido, a equipe de especialistas da EQI customiza o fundo de previdência de acordo com o perfil e objetivos de cada cliente.

“Fazemos essa seleção de acordo com o perfil de cada investidor. Se o cliente tem mais apetite para risco, utilizamos ativos mais arrojados. Não esquecendo que, de acordo com as regras da Susep, um fundo previdenciário será sempre mais conservador do que um tradicional, mesmo que ele seja de ações ou multimercado, por exemplo”, explica o gestor da EQI.

Além da seleção personalizada dos fundos, os especialistas da EQI realizam o acompanhamento das carteiras de previdência. Dependendo da evolução do mercado ou de eventuais mudanças nos objetivos do investidor, pode ser preciso readequar os ativos da carteira.

“Quando começa a entender mais sobre renda variável, o investidor percebe que faz sentido trazer isso também para dentro da previdência. Nesse caso, a periodicidade das alterações vai depender da mudança de perfil e dos objetivos do investidor”, diz Allan.

5 – Planejamento sucessório

Os planos de previdência privada também são instrumentos eficientes de planejamento sucessório. Isso porque esses recursos não entram no inventário, o que facilita o processo de partilha dos bens.

Ou seja, mesmo que você não venha a desfrutar de suas reservas, seus herdeiros terão direito ao seu plano. Inclusive, esses recursos poderão ajudar a pagar as custas do processo de inventário.

6 – Portabilidade gratuita

Caso você encontre condições mais favoráveis em outra instituição financeira para o seu plano de previdência, poderá a portabilidade gratuitamente. Ou seja, não é preciso liquidar o investimento e pagar impostos para contratar um novo plano.

Dessa forma, você evita pagar o IR e iniciar novamente a tabela regressiva na maior alíquota. Isso lhe garante liberdade de escolha e autonomia para migrar para outro plano mais vantajoso, se for o caso.

Esses são alguns dos motivos pelos quais você deve considerar investir em previdência privada. Se desejar mais informações, preencha o formulário abaixo para que a EQI Investimentos entre em contato!

Quer saber mais sobre como investir em previdêcia privada?  Clique aqui, preencha o formulário, e aguarde o contato de nossos especialistas!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias