Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Market timing: entenda a estratégia e por que a correta alocação é a opção mais segura

Market timing: entenda a estratégia e por que a correta alocação é a opção mais segura

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

08 Fev 2022 às 21:44 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 6 min leitura

Redação EuQueroInvestir

08 Fev 2022 às 21:44 · 6 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Market timing: relógio e moedas

Existe uma estratégia bastante antiga e muito usada por especuladores de todas as janelas temporais. Trata-se do market timing, um modo de operação baseado nas condições de mercado para lucrar com possíveis reversões.

Este artigo falará a respeito desse tema. Lendo o texto, você entenderá de vez qual é o conceito associado a esse método de atuação nos mercados.

Saberá quais são as suas características mais marcantes, além de conhecer outros pontos fundamentais. Por fim, verá quais são as vantagens e poderá perceber que esse sistema também pode trazer desvantagens consigo.

Aproveite o texto e tenha uma boa leitura!

O que é market timing?

O termo market timing define a estratégia de atuação nos mercados que se baseia em métodos de previsão tendo por base o uso de ferramentas analíticas.

É uma abordagem muito usada por traders na compra e venda de ações.

Os especuladores buscam definir quando o mercado está pessimista para fazer suas compras, pois os preços estarão em uma época de baixas.

Da mesma forma, as vendas precisam ser realizadas quando os investidores estão otimistas e, portanto, dispostos a pagar um preço maior pela mesma mercadoria: é o mercado em alta, também conhecido como bull market.

Para que isso seja possível, os investidores usam técnicas e indicadores que lhes permitem ter um vislumbre do momento futuro do mercado. Até porque saber de forma exata o que acontecerá é impossível.

Vale ressaltar que é possível aplicar o market timing em qualquer janela temporal. Isso quer dizer que tanto o investidor de longo prazo pode se valer desse conceito quanto o especulador que atua no intraday.

A razão disso é que, de longe, um gráfico tem sempre o mesmo aspecto. O que muda é a escala de tempo, fazendo com que o conceito aplicado seja sempre o mesmo.

Quais são as características do market timing?

Um investidor que se utiliza das técnicas do market timing atua com vistas a aproveitar os movimentos de reversão do mercado de renda variável (logicamente, já que a renda fixa é constante).

Isso se aplica a todos os instrumentos passíveis de negociação, como ações, cotas de fundos imobiliários e contratos derivativos do mercado futuro.

Esse é um aspecto contrário de quem busca fazer aplicações no longo prazo, os chamados investimentos passivos. Nestes, o investidor adquire um ativo para permanecer com ele por um longo período.

Para ter sucesso no market timing, é preciso dominar diversos conceitos relacionados à leitura de mercado. Nesse sentido, existem diversas ferramentas bastante conhecidas que ajudam o investidor.

Assim, uma das características mais fortes desse tipo de estratégia é o uso de plataformas de investimentos que dispõem de gráficos e indicadores.

Por meio deles, é possível fazer análises para chegar a conclusões de sobrecompra ou sobrevenda, por exemplo.

Dessa forma, o investidor pode ser capaz de entrar comprado ou vendido no mercado, pois a força vendedora ou compradora mostra sinais de exaustão de acordo com esses indicadores de avaliação.

Que vantagens o market timing pode oferecer?

Certamente, a maior vantagem que o market timing pode oferecer a um investidor é a potencialização dos seus lucros.

As análises, quando bem feitas, permitem identificar pontos de entrada ou saída no mercado que tendem a valorizar ainda mais as posições montadas.

Isso quer dizer que os lucros podem ser estendidos, desde que o trabalho analítico anterior tenha sido efetuado de modo condizente com a realidade apresentada pelos indicadores.

Outro benefício é a minimização de perdas. Chega a ser infantil pensar que qualquer estratégia de mercado seja perfeita e sempre funcione, ocasionando apenas acertos.

Em toda carreira de pessoas de mercado, os prejuízos estão presentes. No entanto, eles devem ser controlados, de modo que nunca sejam maiores que os lucros.

Nesse sentido, o market timing pode ajudar bastante, pois indica aos negociadores os pontos de saída de modo que as perdas sejam reduzidas.

Isso pode ser feito por meio das ordens stop, quando um investidor estipula determinado nível de perda e lança no book de ofertas uma ordem prévia para execução.

Caso o valor do ativo atinja aquele preço, a transação é automaticamente executada.

poupança

Há desvantagens no market timing?

O ponto negativo na estratégia de market timing fica por conta exatamente do mesmo fator que faz com que ele seja benéfico: a volatilidade.

Por esse conceito, os mercados devem sempre variar e essa oscilação é a fonte de lucro dos investidores, pois ocasiona as oportunidades de compra e venda para trazer o lucro.

No entanto isso é uma possibilidade, e não uma certeza. Claro que a maioria das vezes o conceito se aplica de um modo ou outro. Ainda que a volatilidade seja baixa, ela tende a sempre existir em mercados de risco.

E esse é o ponto: o investidor pode fazer planos esperando uma alta volatilidade de modo que seu lucro possa ser realizado em um curto espaço de tempo.

Caso isso não ocorra, seu capital pode ficar “preso” à aplicação, ou até mesmo ter prejuízos caso o movimento de reversão não ocorra.

Ademais, é preciso considerar também a existência do custo de oportunidade. Ele se apresenta sempre que uma dada aplicação não corresponde às expectativas e o dinheiro fica “parado”.

Dessa forma, o custo de oportunidade representa um prejuízo acumulado, pois o capital poderia estar aplicado em outro investimento que traria ganhos com o passar do tempo.

Assim, é possível afirmar sem medo de errar que não há método perfeito nos mercados e isso deve ser considerado antes mesmo que o investidor faça sua primeira negociação.

Como se vê, investir em uma estratégia como o market timing tem seus pontos positivos e negativos. No entanto, o ponto de partida inicial vem de uma boa análise feita com o uso das ferramentas certas.

Mas nem só desse fator depende o sucesso da operação, pois o mercado é imprevisível e não tem dono. Faz o movimento que quiser e basta ao investidor que especula acompanhá-lo em seu movimento de sobe-e-desce.

Market timing x alocação de ativos

Se você não lida bem com a volatilidade do mercado e prefere investir com mais tranquilidade e segurança, uma opção muito indicada é a alocação correta e diversificada dos ativos.

Para ter o melhor desempenho possível, é preciso considerar uma distribuição de capital de modo inteligente. Para isso, diversos mercados precisam ser considerados.

Até mesmo pela oscilação que cada um deles apresenta, alocar o capital de forma variada garante um melhor desempenho, pois a alta de um mercado compensa a eventual baixa de outro.

Essa é a razão pela qual a diversificação é tão importante em uma carteira de investimentos. Para fazer isso da melhor forma possível, é preciso considerar também o perfil de risco do investidor. Confira abaixo a recomendação da EQI Investimentos para alocação de ativos em 2022, de acordo com o perfil de cada investidor:

estratégia de alocação

Reprodução/EQI

 

Quer conhecer mais sobre investimentos e ter recomendação especializada? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para apresentar as aplicações disponíveis!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias