Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
IGP-M sobe 0,39% na 1ª leitura de junho ante 0,23% em igual leitura de maio

IGP-M sobe 0,39% na 1ª leitura de junho ante 0,23% em igual leitura de maio

Osni Alves

Osni Alves

10 Jun 2022 às 08:38 · Última atualização: 10 Jun 2022 · 2 min leitura

Osni Alves

10 Jun 2022 às 08:38 · 2 min leitura
Última atualização: 10 Jun 2022

IGP-M sobe 0,39% na 1ª leitura de junho ante 0,23% em igual leitura de maio

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 0,39% na primeira prévia do mês de junho após alta de 0,23% na mesma leitura do mês anterior, conforme levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV).

De acordo com a instituição, dois dos três componentes do indicador avançaram no período. A maior alta ficou no Índice Nacional do Custo da Construção (INCC-M), que subiu 3,05% ante 0,67% no mesmo passado.

Já o Índice de Preços ao Consumidor – Mercado (IPC-M), por sua vez, subiu de 0,30% para 0,56%. O Índice de Preços por Atacado – Mercado (IPA-M), no entanto, diminuiu de 0,17% em maio para 0,05% nesta leitura.

IGP-M sobe 0,39% na 1ª leitura de junho ante 0,23% em igual leitura de maio

A inflação e os investimentos

De acordo com artigo do Euqueroinvestir.com, a alta atual dos preços ocorre por causa de alguns fatores, como a elevação dos preços dos combustíveis, reflexo da elevação do preço do petróleo no mercado internacional. O que, por sua vez, vem do conflito armado envolvendo a Rússia – um dos grandes produtores mundiais da commodity – e a Ucrânia.

Ato contínuo, a subida dos preços nos combustíveis pode elevar também o preço dos alimentos, da gasolina, de remédios ou qualquer outro produto ou serviço que afete diretamente a vida da população.

Então, o que acontece? Um aumento generalizado dos preços leva a um possível descontrole. Daí, os salários passam a ter dificuldade em acompanhar o aumento dos preços e o poder de compra fica corroído. Algo semelhante acontece com os investimentos: alguns deles passam a render menos do que a inflação.

De forma geral, podemos entender a inflação como uma elevação contínua, persistente e generalizada nos preços.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias