Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
IBC-Br, prévia do PIB, recua 0,99% em janeiro, pior que a projeção

IBC-Br, prévia do PIB, recua 0,99% em janeiro, pior que a projeção

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

17 Mar 2022 às 12:35 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 1 min leitura

Redação EuQueroInvestir

17 Mar 2022 às 12:35 · 1 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

prédio do Banco Central do Brasil

Reprodução/BC

O IBC-Br, considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB), recuou 0,99% em janeiro, ante alta de 0,32% de dezembro (revisado de 0,33%). A projeção do mercado era por recuo menor, de 0,20%. É o menor patamar desde dezembro de 2020.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (17), pelo Banco Central.

No trimestre, o IBC-Br tem alta de 0,19%. No ano, de 0,01%. E, em 12 meses, de 4,73%.

IBC-Br

Reprodução/BC

Revisões do IBC-Br

  • Dezembro ante novembro: de 0,33% para 0,32%
  • Novembro ante outubro: de 0,51% para 0,47%
  • Outubro ante setembro: de -0,07% para 0,06%
  • Setembro ante agosto: de -0,60% para -0,57%
  • Agosto ante julho: de 0,09% para 0,11%
  • Julho ante junho: de -0,05% para -0,12%
  • Junho ante maio: de 0,22% para 0,17%

Expectativa para fevereiro

Para fevereiro, diante da melhora da pandemia, o BTG Pactual (BPAC11) espera uma recomposição dos segmentos mais afetados pela redução da mobilidade social em janeiro. Por outro lado, os indicadores de confiança seguem sinalizando um ambiente desafiador para a atividade econômica nacional, ressaltando os riscos de curto prazo (elevada inflação, incerteza econômica nacional e mundial, deterioração do cenário fiscal etc.).

“Além disso, no cenário internacional, destacamos como principal risco para o curto prazo os impactos do conflito entre Rússia e Ucrânia e das medidas de isolamento social na China nas cadeias de suprimento global e, consequentemente, nos preços”, afirma o banco.

Por outro lado, as diversas medidas governamentais para estimular a economia que vêm sendo anunciadas/especuladas podem sinalizar um catalisador positivo para a atividade no ano, complementa.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias