Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Eleições: João Doria desiste de candidatura à Presidência e PSDB deve apoiar Simone Tebet (MDB)

Eleições: João Doria desiste de candidatura à Presidência e PSDB deve apoiar Simone Tebet (MDB)

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

23 Mai 2022 às 16:23 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

23 Mai 2022 às 16:23 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Eleições: João Dória desistiu da candidatura à presidência pelo PSDB. No foto, ele aparece falando em um púlpito com outras pessoas ao lado e a bandeira do Brasil ao fundo

Reprodução

O ex-governador de São Paulo João Doria desistiu nesta segunda-feira (23) de sua candidatura à Presidência pelo PSDB nas eleições deste ano. Vencedor das prévias do partido, realizadas no ano passado, ele havia renunciado ao governo no início de abril para se dedicar à campanha, mas vinha enfrentando resistência junto à cúpula da legenda.

“Serenamente entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB. Aceito esta realidade com a cabeça erguida. Sou um homem que respeita o bom senso, o diálogo e o equilíbrio. Sempre busquei e seguirei buscando o consenso, mesmo que ele seja contrário à minha vontade pessoal. O PSDB saberá tomar a melhor decisão no seu posicionamento para as eleições deste ano. Me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve”, disse Doria.

PSDB em provável união com o MDB na eleição

A tendência é que o PSDB faça coligação com o PMDB para apoiar a senadora Simone Tebet (MS) nas eleições de outubro. O Cidadania é outro partido que deve se juntar ao grupo para tentar fortalecer uma candidatura da chamada “terceira via”, a tentativa de promover uma oposição simultânea aos líderes das pesquisas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL)

O tucano admitiu que tentou se colocar como essa alternativa para atender aos eleitores que não querem os extremos. “Que não querem aquele que foi envolvido em escândalos de corrupção. E nem aquele que não deu conta de salvar vidas, não deu conta de salvar a economia e que envergonha nosso país em todo o mundo”, disse ele, em referências indiretas e Lula e a Bolsonaro, respectivamente.

O mau desempenho de Doria nas últimas pesquisas, em que ele aparecia com cerca de 3% das intenções de voto, acabou por tirar de vez as chances do ex-governador e ex-prefeito da capital, que deve deixar a política e retomar sua carreira como empresário.

Tebet também tem intenção baixa, em torno de 2%, mas a legenda acredita no potencial de crescimento da senadora, que conta com apoiadores como o ex-presidente Michel Temer.

  • Quer proteger seus investimentos das turbulências da expectativa pelas eleições? Preencha este formulário e um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para mostrar as melhores aplicações disponíveis!
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias