Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
BTG (BPAC11) recomenda compra para Cury (CURY3), ao preço-alvo de R$ 16

BTG (BPAC11) recomenda compra para Cury (CURY3), ao preço-alvo de R$ 16

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

11 Mai 2022 às 17:30 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

11 Mai 2022 às 17:30 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Cury (CURY3) tem lucro líquido de 24% no 1TRI22

Reprodção/Youtube

O BTG Pactual (BPAC11) avaliou a atuação da construtora Cury (CURY3), em relatório publicado nesta quarta-feira (11).  Segundo o banco, a empresa apresentou bons resultados no primeiro trimestre de 2022 e estes números estão dentro das estimativas. Assim, o BTG manteve a sua recomendação para compra de ações, no preço-alvo de R$ 16.

A receita líquida contabilizou o montante de R$ 447 milhões, o que representa crescimento de 32% ao ano e 1% acima dos cálculos do banco de investimentos. O lucro bruto ajustado foi de R$ 167 milhões, com a expansão de 32% a/a.

Este cenário favorável contribuiu para uma sólida margem bruta ajustada de 37,2%, onde a Cury anotou a expansão de 180bps ao ano devido ao preços de venda mais altos. O lucro líquido foi de R$ 0,21/ação o que influenciou no ROE anualizado, que computou o bom percentual de 38%.

BTG (BPAC11): Fluxo de caixa de R$ 8 milhões

A Cury anotou forte crescimento e os seus recebíveis aumentaram R$ 353 milhões no 1TRI22. Houve também a expansão do banco de terrenos no período, porém a geração de caixa foi baixa: R$ 8 milhões.

Apesar do obstáculo, a construtora obteve boa posição de caixa líquido com o montante de R$ 212 milhões, que representa 27% do patrimônio da companhia.

Em um cenário favorável, a empresa poderá disponibilizar dividendos robustos para os seus acionistas. Vale lembrar,  que a Cury pagará R$ 150 milhões em proventos,  o que representa o yield de 7%.

Resultados fortes

A Cury apresentou estabilidade e registrou fortes resultados em sua análise trimestral, com  uma boa margem de 37%, com o ROE de 38% e com a geração de caixa de R$ 8 milhões.

“A Cury vem apresentando resultados muito fortes desde seu IPO, superando consistentemente nossas estimativas. E como a empresa está pronta para continuar entregando uma boa lucratividade e as ações parecem atraentes em
5x P/L 2022E, sem mencionar sua capacidade de pagar grandes dividendos.” finalizou o BTG.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias