Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Confiança do consumidor atinge 64,1 pontos em abril, nos EUA; resultado ficou acima do esperado

Confiança do consumidor atinge 64,1 pontos em abril, nos EUA; resultado ficou acima do esperado

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

14 Abr 2022 às 15:29 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

14 Abr 2022 às 15:29 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

confiança do consumidor americano sobe em abril

Reprodução/Flickr

A confiança do consumidor americano veio acima do esperado em abril: 64,1 pontos. 

O índice mede a avaliação das condições econômicas dos Estados Unidos. Publicado pela Universidade de Michigan nesta quinta-feira (14),  o número superou a previsão do mercado, que era de 54,2 pontos. 

Além disso, o resultado foi superior ao registrado em março deste ano, que foi de 54,3 pontos. Na comparação com o mesmo período de 2021, porém, a confiança do consumidor americano apresentou forte redução, uma vez que a perspectiva foi de 82,7 pontos em abril do ano passado. 

No que diz respeito às expectativas em relação à economia para 2023, o documento indica um crescimento de 29,4%. Também houve aumento de 17,2% das perspectivas quanto às finanças pessoais.

Confiança do consumidor americano

O que explica o aumento da confiança do consumidor americano?

De acordo com o indicador, esse aumento deve-se a um mercado de trabalho forte, o que elevou as esperanças salariais entre os compradores com idade até 45 anos para 5,3%. Conforme aponta o relatório, esse foi o maior ganho esperado em mais de 30 anos. 

Outro ponto destacado é a surpreendente mudança quanto à antecipação no aumento do preço do gás de apenas US$ 0,4 em abril. Segundo o índice, os valores apresentaram queda desde março e esse fato foi reconhecido pelos consumidores. 

Essa mudança na perspectiva do preço do gás está relacionada, em parte, ao anúncio da liberação de reservas estratégicas de petróleo pelo presidente Joe Biden, assim como pelo relaxamento de regras sazonais da EPA (Agência de Proteção Ambiental dos EUA). 

Apesar do aumento da confiança do consumidor americano, o relatório destaca que ainda “existem fontes significativas de incerteza econômica que podem reverter facilmente os ganhos de abril, incluindo o impacto na economia doméstica da guerra de Putin e o impacto potencial de novas variantes da covid”.  

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias