Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
CMN define meta de inflação em 3% para 2025

CMN define meta de inflação em 3% para 2025

Matheus Gagliano

Matheus Gagliano

23 Jun 2022 às 21:21 · Última atualização: 23 Jun 2022 · 2 min leitura

Matheus Gagliano

23 Jun 2022 às 21:21 · 2 min leitura
Última atualização: 23 Jun 2022

Prédio do Ministério da Economia

Fachada do Ministério da economia

O Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou em 3% a meta de inflação para 2025, com uma tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, segundo divulgado pelo Ministério da Economia nesta quinta-feira (23).

Segundo a Agência Brasil, no entanto, as metas para os dois próximos anos foram mantidas em 3,25% e 3%, respectivamente. Estas também consideraram o intervalo de 1,5 ponto para cima ou para baixo.

Com isso, este é o patamar no qual ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – índice oficial usado pelo governo – poderá atingir. Neste ano 2022, a meta permanece em 3,5%.

Confira abaixo o histórico do IPCA

CMN: meta reduz incertezas

O Ministério da Economia informou que a meta estabelecida tem como objetivo reduzir as incertezas e amplia a possibilidade de ajudar no capacidade de planejamento financeiro das famílias, empresas e pode público.

“A expectativa de inflação futura, projetada no boletim Focus mais recente disponível para o ano em questão, mostra-se ancorada à meta de inflação estabelecida“, diz trecho da nota, segundo a Agência Brasil.

Até 2016, a meta de inflação era fixada com dois anos de antecedência. Mas a regra mudou em 2017, por meio de um decreto presidencial. Esse decreto terminou que a definição passasse a a ser feita com três anos de antecedência. A ideia era de reduzir as incertezas.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias