Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
O que é carry trade? Entenda como funciona a operação

O que é carry trade? Entenda como funciona a operação

Fernando Cesarotti

Fernando Cesarotti

09 Set 2022 às 13:22 · Última atualização: 09 Set 2022 · 3 min leitura

Fernando Cesarotti

09 Set 2022 às 13:22 · 3 min leitura
Última atualização: 09 Set 2022

O carry trade, ou trade de carrego, é uma operação de investimentos relativamente complexa que exige acompanhamento profissional, mas pode ser uma opção para pessoas interessadas em colocar seu dinheiro numa aplicação de longo prazo com boa rentabilidade.

Como funciona o carry trade?

Em tese, não é preciso ter caixa disponível para a operação, já que uma das premissas do carry trade é aproveitar taxas de juros baixas em países de economia estável, como os Estados Unidos ou a União Europeia, para buscar empréstimos baratos e fazer o “carrego” desse dinheiro para mercados que oferecem juros mais altos, como o Brasil.

Nos EUA, a taxa básica de juros hoje está no intervalo entre 2,25% e 2,5% ao ano, após quatro aumentos realizados neste ano. No Brasil, a Selic vem em processo de alta desde 2021, e hoje está em 13,75% ao ano, após 11 altas consecutivas.

Assim, o investidor que faz uso do carry trade poderia emprestar o dinheiro a juros baixos nos EUA, trazer esse valor ao Brasil, converter em reais e investir em títulos atrelados à Selic, como o Tesouro Selic, que têm boa liquidez.

Depois de um período que pode se estender por um ou até dois anos, ele realiza o investimento em reais e converte o valor necessário em dólares para quitar o empréstimo original e fica com o spread, ou seja, a diferença entre as taxas de juros.

Os riscos do carry trade

O principal risco para o sucesso do carry trade reside na instabilidade política e econômica do país alvo do investimento. Isso porque um câmbio desfavorável no momento da quitação do empréstimo original, por exemplo, pode corroer o resultado do investimento.

No caso do câmbio, uma alternativa é o acionamento de hedges, ou seja, de limites de oscilação das taxas, garantindo que o investidor não será surpreendido por uma hiperdesvalorização da moeda local.

Também é preciso, para investir o carry trade, ficar de olho no cenário de política monetária, já que um eventual investimento será feito em títulos pós-fixados, ou seja, realizados de acordo com a Selic do momento.

No Brasil, o cenário de pressão inflacionária até sinaliza uma estabilidade na taxa de juros nos próximos meses, mas, a um mês das eleições presidenciais, é preciso estar atento a discursos e movimentações dos principais candidatos.

Carry trade, um negócio de profissionais

Por todo esse risco e pela necessidade de atenção ao cenário macroeconômico, o carry trade é uma ação em geral realizada por grandes investidores, como bancos e corretoras. Mas é um investimento que pode valer a pena: alguém que tivesse aproveitado os juros baixos do antes da pandemia de Covid-19 poderia obter um ótimo retorno aproveitando as taxas de hoje.

É também um investimento de longo prazo, para compensar os spreads, de forma que a liquidez, embora bem assegurada, não é imediata.

Se você tiver interesse em operações mais complexas de investimentos, como o carry trade, acompanhe nosso portal, acesse nossos materiais gratuitos e preencha este formulário para que um dos assessores da EQI Investimentos entre em contato!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias