Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Carro novo: entenda como funciona um consórcio de veículos

Carro novo: entenda como funciona um consórcio de veículos

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

03 Fev 2022 às 18:44 · Última atualização: 03 Fev 2022 · 5 min leitura

Redação EuQueroInvestir

03 Fev 2022 às 18:44 · 5 min leitura
Última atualização: 03 Fev 2022

consórcio de veículos

Reprodução/Pixabay

Quem nunca ouviu a frase “pagar as parcelas  é uma maneira que acabo encontrando de economizar porque não gasto o dinheiro”? A verdade é que o brasileiro está muito acostumado a investir seu dinheiro em algumas parcelas, seja de bens móveis ou imóveis com o intuito de poupar ao fim do mês.

Dentre as diferentes maneiras de poupar através de compras temos o consórcio. Baseado na união de pessoas com o objetivo de adquirir um bem ou serviço, o consórcio é uma modalidade que permite com que todos os integrantes contribuam com um valor determinado, formando um fundo comum.

Sempre fiscalizado pelo Banco do Brasil, os consórcios são organizados por empresas administradoras que gerem o fundo criado para que, até o fim do período estipulado em contrato, os consorciados tenham acesso à carta de crédito para aquisição do bem desejado.

Como surgiu o consórcio

Junto à indústria automobilística brasileira, a promessa de progresso feita no Governo JK de 50 anos em cinco tinha o transporte como um pilar de desenvolvimento. No governo de Juscelino Kubitschek, em 1956, foi criado Grupo Executivo da Indústria Automobilística (GEIA), visando dar início a produção de automóveis nacionais.

A partir desse momento de início e crescimento das fabricantes no Brasil, empresas como a Willys Overland utilizaram o consórcio como uma alternativa para vendas, funcionou tanto que em 1967 a empresa possuía cerca de 58 mil consorciados.

O desenvolvimento do consórcio de veículos fez surgir a necessidade de se criar uma entidade que representasse, perante o poder público, os interesses das inúmeras empresas de consórcios que despontavam por todo país.

Como funciona o consórcio?

Como dito anteriormente, consórcio é a modalidade de compra baseada na união de pessoas (físicas ou jurídicas) em grupos, com a finalidade de formar capital para a aquisição de bens móveis, imóveis ou serviços. A formação desses grupos é feita por uma administradora, sendo ela autorizada e fiscalizada pelo Banco Central do Brasil.

De maneira preestabelecida o consorciado tem o prazo e número de cotas. A periodicidade de assembleias também é prevista em contrato, mas é uma prática bem comum serem realizadas mensalmente.

São duas possibilidades de ser contemplado e receber o crédito. A primeira maneira, e também a mais comum, é a contemplação nas assembleias. Porém, ainda é possível oferecer lances para que o veículo seja adquirido antes dos sorteios.

Nesse caso, a administradora informa sobre a possibilidade de realizar ofertas para que o carro seja adquirido sem que os consorciados precisem esperar pelos sorteios. Geralmente os lances são feitos de maneira livre e ganha quem oferecer um valor mais alto.

Contemplação

O tão aguardado momento da contemplação acontece por sorteios, lances ou o fim do prazo de consórcio. O consorciado contemplado recebe os recursos através de uma carta de crédito, com ela é possível adquirir o bem ou serviço no local desejado.

Se o número sorteado em determinado mês for relacionado a um participante com mensalidades em atraso, a contemplação dele não ocorre. Nesse caso, a carta de crédito vai para o número mais próximo. Além disso, caso muitos participantes fiquem inadimplentes, a tendência é que ocorra um reajuste das parcelas para que as contemplações continuem acontecendo.

Algumas administradoras oferecem vantagens em cartas de crédito como a opção por um item diferente do que era previsto anteriormente, desde que seja da mesma categoria. Após contempladas, as cartas de crédito servem como um ‘voucher’ equivalente ao valor pago no consórcio.

Vale lembrar que, ainda que você seja contemplado e receba a sua carta de crédito, precisará continuar o pagamento das mensalidades até que o prazo encerre. Portanto, se você for sorteado no 6º mês, por exemplo, fica ciente de que o contrato deve ser honrado até o fim.

Também é importante ressaltar que existe a possibilidade de o sorteio ser feito apenas no final do contrato. Isso significa que você pode receber a sua carta de crédito somente depois dos 48 meses, ainda usando o exemplo anterior, mesmo que pague as mensalidades sempre em dia.

Taxas no consórcio de veículos

Por não sofrer a incidência de juros, muitas pessoas consideram o consórcio de veículos a melhor opção de planejamento para a compra de um carro novo. Porém, vale lembrar que a administradora cobra uma taxa para que você entre no grupo bem como a taxa de administração, destinada para o gerenciamento do grupo do consórcio e todas as questões pertinentes a exemplo da cobrança de mensalidades.

O fundo se reserva é outra cobrança que pode incidir sobre o valor do consórcio. Ela é criada para manter o consórcio viável mesmo com alguns membros inadimplentes.

Cada uma dessas taxas varia conforme a administradora, mas pode chegar a cerca de 25% do valor contratado. Portanto, não se esqueça de verificar o valor delas com a instituição, pois elas acabam elevando o valor da parcela do seu consórcio.

Quais são as vantagens de fazer um consórcio de veículos?

Agora que você chegou até aqui você pode ter visto os pontos favoráveis do produto. Listamos aqui as principais vantagens

  • Não precisa de um pagamento de entrada
  • Menos burocracia para contratação
  • Não incide cobrança de juros
  • É uma opção para quem busca poupar dinheiro
  • Não perde o poder de compra, o valor é reajustado conforme do valor do bem

E quais são as desvantagens?

Assim como possui muitos benefícios, o consórcio possui algumas peculiaridades que precisam ser consideradas. Listamos aqui as desvantagens do produto.

  • Possível demora para receber o veículo
  • Cobrança de taxas que podem encarecer o valor do consórcio
  • Investimento de longo prazo
  • O resgate do valor pago só pode ser feito ao final do consórcio

Quer saber mais sobre consórcio? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para apresentar oportunidades!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias