Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Braskem (BRKM5) cria empresa para gestão de energia e gás natural

Braskem (BRKM5) cria empresa para gestão de energia e gás natural

Fernando Cesarotti

Fernando Cesarotti

15 Set 2022 às 12:13 · Última atualização: 15 Set 2022 · 2 min leitura

Fernando Cesarotti

15 Set 2022 às 12:13 · 2 min leitura
Última atualização: 15 Set 2022

Planta da Vraskem em Triunfo (ES)

Julio Bittencourt/Braskem

A Braskem (BRKM5), uma das principais empresas petroquímicas do país, criou uma empresa independente, a Voqen, para atuar na área de energia e gás natural.

A ideia é que a empresa atenda tanto à própria Braskem quanto a outros clientes, sobretudo do setor químico e petroquímico, com foco em novos modelos de comercialização de gás e energia. Outro objetivo é atuar na entrega de soluções de energia renovável que acelerem a transição energética.

A princípio, a Voqen será 100% controlada pela Braskem, com uma carteira de R$ 3 bilhões por ano em contratos de energia elétrica e gás natural sob gestão. São contratados que pertenciam à Braskem que abrangem cerca de 750 megawatts (MW) médios e 2,5 milhões de metros cúbicos diários de gás, consumidos pelas operações da petroquímica no país.

O diretor de energia da Braskem, Gustavo Checcucci, disse ao jornal Valor Economico que a empresa vinha sendo procurada por clientes e que a ideia é se tornar, com a Voqen, “mais ativos nesse processo”.

A Voqen ocupará inicialmente uma sala dentro da Braskem e será liderada por dois executivos vindos da petroquímica: Claudio Lindenmeyer assume a posição de diretor de comercialização de gás natural, e Fábio Yanaguita, a de diretor de comercialização de energia elétrica.

Ainda não há planos concretos para isso, mas os executivos não descartam a possibilidade, no futuro, de que a Voqen receba novos sócios e até mesmo se capitalize via oferta pública inicial (IPO) de ações.

No pregão desta quinta-feira, as ações da Braskem eram cotadas, ao meio-dia, por volta de R$ 29,15, alta de 1% em relação à abertura. Em seu último relatório sobre a companhia, em 11 de setembro, o banco BTG Pactual (BPAC11) manteve a recomendação de compra dos papeis, com preço-alvo de R$ 68.

Quer saber se é a melhor hora de investir em empresas do ramo petroquímico como a Braskem (BKRM5)? Preencha este formulário e um dos assessores da EQI Investimentos vai entrar em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias