Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Assessoria patrimonial: como um assessor pode te ajudar a blindar o patrimônio?

Assessoria patrimonial: como um assessor pode te ajudar a blindar o patrimônio?

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

20 Abr 2022 às 19:50 · Última atualização: 20 Abr 2022 · 6 min leitura

Redação EuQueroInvestir

20 Abr 2022 às 19:50 · 6 min leitura
Última atualização: 20 Abr 2022

Reprodução/Pixabay

Analisar o grau de exposição dos bens e calcular a melhor forma de preservá-los é fundamental para a manutenção do patrimônio. Este é um assunto de suma importância, embora muitas pessoas ainda não tenham tomado decisões neste sentido. Quem ainda não tem um plano e não sabe por onde começar, uma dica é conversar com um assessor patrimonial.

Ele é o profissional capaz de esclarecer tudo que pode ser feito para planejar e blindar um patrimônio, seja ele do tamanho que for.

Entenda o que é uma assessoria patrimonial e como ela pode te ajudar de maneira personalizada.

O que é uma assessoria patrimonial?

A assessoria patrimonial é uma área multidisciplinar capaz de cuidar, de forma global, de todo patrimônio, seja da pessoa física ou jurídica.

O principal objetivo deste serviço é oferecer uma consultoria, sob medida, para tratar de mecanismos eficientes no oferecimento da proteção financeira mais indicada para cada caso.

De modo geral, uma assessoria patrimonial é formada por especialistas das áreas previdenciária, securitária e jurídica.

Juntos, esses profissionais fazem uma análise 360 graus, com o objetivo de orientar e conduzir o cliente em uma jornada de planejamento, proteção e sucessão de seu patrimônio como um todo.

“E para se tornar ainda mais completa, a assessoria patrimonial pode e deve trabalhar em conjunto com um assessor de investimentos. Funciona como um serviço de ‘alfaiataria financeira’. Fazemos um estudo aprofundado de cada cliente e as soluções são completamente customizadas. Nunca uma análise é igual à outra”, explica Allan Teixeira, assessor patrimonial da EQI Investimentos.

O que faz um assessor patrimonial?

“Um assessor patrimonial é alguém que, juntamente com uma equipe formada por profissionais de diversas competências, traça estratégias visando à proteção do patrimônio de uma pessoa física ou jurídica.

Assim como um assessor de investimentos cuida da carteira de investimentos, ativos e da rentabilidade, o assessor patrimonial busca nas áreas previdenciária, securitária e jurídica o apoio para trabalhar com questões repletas de complexidade.

Todas as análises acontecem de maneira personalizada, de acordo com a realidade financeira de cada um. O primeiro passo é sempre conhecer profundamente o cliente.

Analisamos todos os riscos para oferecer soluções eficientes, diante das inúmeras possibilidades de eventos”, ressalta Allan Teixeira.

Como o assessor patrimonial faz a análise do cliente?

“O diagnóstico sempre parte de uma análise completa de todos os aspectos da vida do cliente. Observamos e calculamos todos os riscos que podem colocar o patrimônio em alguma situação de vulnerabilidade. Depois disso, traçamos as estratégias mais eficientes para cada caso. É importante ressaltar que a assessoria patrimonial permite o acesso a todas as soluções em um único local”, ele explica.

E complementa: “Este é um grande diferencial, já que antes de existir este serviço, os próprios clientes se encarregavam de encontrar os profissionais nas mais diversas áreas de competência”.

Quando é mais indicado buscar uma assessoria patrimonial?

O quanto antes a assessoria patrimonial for buscada, melhor para o cliente. Afinal, é quando está tudo bem que temos condições de tomar as melhores decisões.

Além disso, devemos observar que existem algumas fases da vida em que estamos mais propensos à acumulação de patrimônio. Já em outras, estamos mais aptos a desfrutar do que conquistamos.

Dessa forma, devemos pensar em ter uma assessoria patrimonial quando esta ainda não é o principal foco. Ou seja, no período que compreende a fase em que estamos vivendo o planejamento do nosso patrimônio, por volta dos 30 anos.

Este período se estende até a terceira idade, por volta dos 60 anos, que é quando, normalmente, estamos protegendo e rentabilizando os nossos bens e ativos.

Fazer uma reflexão nesse período específico traz a possibilidade de usar uma série de ferramentas livres de inventário que podem tornar um processo de sucessão patrimonial muito mais harmônico, por exemplo.

Contudo, é preciso destacar que nunca é tarde para buscar uma assessoria patrimonial. “O importante é que o assunto seja tratado o quanto antes”, esclarece o especialista.

gráfico com ciclos da vida e fases de investimento

Reprodução/EQI

Quais soluções uma assessoria patrimonial pode oferecer?

“Uma assessoria patrimonial deve oferecer serviços de proteção financeira, diversificação jurídica e gestão de riscos, que apoiem a construção e a preservação do patrimônio em qualquer fase da vida”, ensina Teixeira.

Algumas ferramentas podem ser combinadas para oferecer liquidez imediata em momentos nos quais é necessário fazer a sucessão patrimonial e empresarial, por exemplo.

Isso assegura o melhor gerenciamento e planejamento dos recursos no longo prazo, preservando o futuro dos herdeiros.

Já outras estratégias podem estar mais voltadas a oferecer um conforto financeiro na fase da aposentadoria, em momentos críticos de saúde e/ou em situações chamadas “eventos de cauda”.

Isto é: aqueles eventos com baixa probabilidade de ocorrer e alto impacto patrimonial, como falências, divórcios, doenças, morte do responsável pelas finanças da casa, comenta o assessor.

Algumas soluções da assessoria patrimonial

Seguro de vida

  • Cobertura para morte qualquer causa;
  • Morte acidental;
  • Invalidez;
  • Doenças graves;
  • Diária de Incapacidade Temporária;
  • Diária de Internação Hospitalar;
  • Assistência Funeral.

Assessoria jurídica

  • Construção de Holding Patrimonial/Familiar (Administração de Bens Próprios);
  • Construção de Holding Pura (Administração de Participações Societárias);
  • Testamento;
  • Planejamento tributário;
  • Doação de patrimônio em vida;
  • Implementação de ferramentas de governança corporativa;
  • Previdência;
  • Acordo de acionistas;
  • Diretivas antecipadas de vontade.

Previdência Privada

  • Performance de rentabilidade.

ilustração de tela de computador indicando ícone segurança

Por que contar com uma assessoria patrimonial?

“A blindagem patrimonial deve vir antes de se pensar em fazer qualquer investimento. Deve vir antes mesmo de ter um bem. Afinal, quando não se está preparado para os eventos de cauda, esses recursos são os primeiros a serem consumidos”, aponta Allan Teixeira.

De modo geral, as pessoas se preparam para o futuro, mas se preocupam menos com o presente. Isso é um risco, pois o dinheiro reservado para o futuro é o primeiro a ser acessado no agora.

Uma doença como um câncer, um infarto, ou uma situação de invalidez acidental, traz impactos imediatos. Por isso, é preciso ter disponíveis recursos de proteção.

Além disso, essas ferramentas, como o seguro de vida, permitem que parte do patrimônio fique livre do inventário, garantindo liquidez imediata.

“Isso traz conforto em caso de disputas familiares e empresariais”, complementa Allan Teixeira.

(Por Vanessa Araujo)

Como contratar uma assessoria patrimonial?

Qualquer pessoa, de qualquer idade, que tenha interesse em proteger seu patrimônio, pode contar com uma assessoria patrimonial.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias