Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Microsoft (MSFT34), a mais valiosa dos EUA: como investir via BDR na empresa de Bill Gates

Microsoft (MSFT34), a mais valiosa dos EUA: como investir via BDR na empresa de Bill Gates

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

01 Nov 2021 às 17:00 · Última atualização: 01 Nov 2021 · 4 min leitura

Redação EuQueroInvestir

01 Nov 2021 às 17:00 · 4 min leitura
Última atualização: 01 Nov 2021

Microsoft

A Microsoft é mais uma vez a companhia mais valiosa dos EUA, com valor de mercado alcançando US$ 2,49 trilhões e ultrapassando a Apple pela primeira vez em mais de um ano. A mudança ocorre depois de a companhia criada por Bill Gates reportar resultado acima da expectativa, enquanto a Apple deixou a desejar no balanço do terceiro trimestre.

Saiba mais sobre a empresa e como investir do Brasil via BDR.

Conheça a empresa e veja se vale a pena investir.

Números da Microsoft

A Microsoft abriu capital em 1986, na Nasdaq, EUA, com cotação de US$ 21 por ação. Hoje, é cotada a mais de US$ 300.

Já no Brasil, os investidores brasileiros podem negociar BDRs da Microsoft sob o código MSFT34. Os BDRs são negociados a R$ 77,65 (cotação de 1 de novembro). Mas iniciaram o ano em R$ 48. Ou seja, tiveram uma valorização de mais de 60% de janeiro a novembro.

Microsoft

Microsoft: resultado do trimestre

A Microsoft (MSFT34) reportou um lucro líquido de US$ 20,5 bilhões no trimestre encerrado em 30 de setembro de 2021. O resultado equivale a um aumento de 48% no lucro líquido quando comparado ao mesmo período de 2020.

Segundo a companhia, a receita total para o período teve o crescimento mais rápido desde 2018 ao avançar 22% no ano e atingir US$ 45,3 bilhões.

O lucro diluído por ação foi de US$ 2,71 GAAP e de US$ 2,27 não-GAAP, o que representa um aumento de 49% e 25%, respectivamente.

“Tivemos um forte início no ano fiscal, com nosso Microsoft Cloud gerando US$ 20,7 bilhões em receita no trimestre, um aumento de 36% em relação ao ano anterior”, disse Amy Hood, vice-presidente executiva e diretora financeira da Microsoft.

Destaques da Microsoft no trimestre

A receita da área Produtividade e Processos de Negócios foi de US$ 15 bilhões e aumentou 22%, puxada por produtos como Office Commercial e serviços em nuvem, cuja receita aumentou 18%, impulsionada pelo crescimento da receita comercial do Office 365 de 23%.

A receita de produtos e serviços em nuvem do Office Consumer aumentou 10% e os assinantes do Microsoft 365 Consumer aumentaram para 54,1 milhões. Já a do LinkedIn aumentou 42%.

A dos produtos Dynamics e serviços em nuvem aumentou 31%, impulsionada pelo crescimento da receita do Dynamics 365 de 48%.

A receita em Intelligent Cloud foi de US$ 17 bilhões e aumentou 31%, destacando-se produtos de servidor e serviços em nuvem, que aumentou 35%, com o Azure subindo 50%.

BDR da Microsoft

Os investidores brasileiros podem ter acesso aos chamados BDRs – Brazilian Depositary Receipts – da Microsoft.

Eles são ativos que representam ações de empresas estrangeiras.

Quem adquire um BDR está, indiretamente, participando de uma empresa no exterior, e terá direito aos dividendos distribuídos pela companhia lá fora.

Funciona mais ou menos como um fundo de investimento. O investidor não vira o dono da ação, portanto não é sócio da empresa em questão.

Para comercializar um BDR, a instituição emissora do papel adquire várias ações de empresas estrangeiras. Depois monta um “pacote” e vende partes dele aos investidores. Logo, esses títulos são como cotas.

Onde tudo começou

A Microsoft nasceu da união de Bill Gates e Paul Allen, amigos de colégio que dividiam o interesse por computadores.

Em 1975, os dois fundaram uma pequena empresa de garagem batizada de Microsoft – junção de microcomputer e software. O que eles queriam era desenvolver um software em linguagem BASIC para o computador Altair 8800 da IBM.

Em 1979, a empresa de Bill Gates foi contratada pela IBM para desenvolver um sistema operacional para um novo modelo de computador. Como não tinham uma solução completa, eles compraram o Q-DOS da Seattle Computer Products, e trabalharam em cima dele, aperfeiçoando-o e chegando ao MS-DOS.

Nasce a família Windows

Em 1985, Microsoft e IBM lançaram o Microsoft Windows 1.0. A parceria seguiria até 1992. A partir daí, Microsoft continuou sozinha. Em 1995, a empresa tem dois marcos importantes: o lançamento do Windows 95, sistema operacional completo para computadores pessoais, que dispensava o uso do MS-DOS, e o lançamento do navegador Internet Explorer. Dentro da família Windows, o mais recente é o 10.

Gates se aposentou do trabalho diário na Microsoft em 2008. O terceiro homem mais rico do mundo passou a se dedicar mais ao trabalho filantrópico e às pesquisas na área da saúde de sua Bill & Melinda Gates Foundation. Ele ainda detém 2% da empresa e segue no quadro de conselheiros da Microsoft.

O que é preciso fazer para investir na Microsoft?

Para adquirir BDRs da Microsoft, o investidor precisa procurar um banco ou uma corretora de valores autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

  • Quer saber mais sobre como investir em BDRs ou outros ativos correlacionados ao mercado exterior? Preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos irá entrar em contato!
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias