Investimento no Exterior
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Kospi: o que é e como funciona o principal índice da bolsa de Seul

Kospi: o que é e como funciona o principal índice da bolsa de Seul

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

01 Jun 2022 às 19:38 · Última atualização: 08 Jun 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

01 Jun 2022 às 19:38 · 3 min leitura
Última atualização: 08 Jun 2022

Kospi

O passado recente da humanidade foi testemunha de um grande desenvolvimento de alguns países orientais. Entre eles, podemos destacar a Coreia do Sul. Em pouco mais de trinta anos, surgiram grandes empresas que hoje são representadas em bolsa pelo principal índice da bolsa de Seul: o Kospi.

Acompanhe este artigo para entender mais sobre esse formador de preço da bolsa de valores sul-coreana.

O que é o índice Kospi?

Kospi é a sigla em inglês para Korean Composite Stock Price Indexes. Possui uma particularidade interessante que caracteriza o mercado de bolsa da Coreia do Sul.

Na verdade, ele é um índice que não existe de forma isolada. Ele é composto por uma série de outros índices que juntos formam o Kospi em sua totalidade.

Um dos principais de seus componentes é o Kospi 200. Ele reúne as 200 principais empresas de maior capitalização que estão listadas na bolsa de valores do país.

Outro ponto relevante sobre o Kospi é que ele não é o único indicador de desempenho da bolsa coreana. Ele é o principal, mas existem outros também.

Como se deu a formação desse índice?

O Kospi teve origem no seu valor de indexação de 100 pontos no ano de 1980. No entanto, sua negociação teve início apenas três anos depois, em 1983.

A partir daí o Kospi seguiu o movimento da época que acabou atribuindo o nome de Tigres Asiáticos aos países em grande desenvolvimento no Oriente, incluindo a Coreia do Sul.

Em apenas seis anos, o Kospi valorizou mais de 800%, chegando pela primeira vez no patamar de 1000 pontos em abril de 1989.

E o bom desempenho continuou, chegando quase aos 2000 pontos em 2012.

Seu grande baque talvez tenha sido registrado no ano de 2001, um dia após o desabamento das torres gêmeas nos EUA, no dia 11 de setembro. No dia seguinte aos atentados de Nova York, o Kospi despencou mais de 12%.

Como o Kospi funciona?

Conforme dito, o Kospi é na verdade um conjunto de subíndices que formam o indicador principal.

Esse formato foi adotado desde que os indicadores passaram a refletir o comportamento das empresas de capital aberto do país, no início da década de 1980.

Sendo assim, pelo menos três índices que compõe o índice merecem destaque. O primeiro deles é o Kospi 200, já indicado como sendo um equivalente ao S&P 500, apontando as maiores empresas do país.

Há também o Kospi 100 que é focado nas ações consideradas como mid caps. Quanto à empresas de capitalização menor, as small caps, temos sua representação feita pelo índice Kospi 50.

Além de todos esses, a indicação feita pelo Kodi também é muito importante. Ele representa o desempenho das empresas que pagam os melhores dividendos de todo o mercado de ações sul-coreano.

O índice certamente é o índice mais importante da bolsa de valores da Coreia do Sul. Entre sua composição, podemos encontrar empresas consideradas gigantes mundiais. É o caso da Samsung Eletronics, Hyunday Motors e Cheil Industries. Tudo isso revela o grande potencial transformado em ato que este país oriental possui e demonstrou ao longo das últimas décadas.

Quer conhecer alternativas interessantes de investimentos? Então, preencha o formulário para um assessor da EQI Investimentos entrar em contato!

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias