Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Inflação em SP sobe 0,04% na 2ª quadrissemana de junho; IPC-S aumenta e IGP-M acelera

Inflação em SP sobe 0,04% na 2ª quadrissemana de junho; IPC-S aumenta e IGP-M acelera

Osni Alves

Osni Alves

20 Jun 2022 às 07:33 · Última atualização: 20 Jun 2022 · 2 min leitura

Osni Alves

20 Jun 2022 às 07:33 · 2 min leitura
Última atualização: 20 Jun 2022

Inflação em SP sobe 0,04% na 2ª quadrissemana de junho, mostra IPC-Fipe

A inflação em São Paulo subiu 0,04% na 2ª quadrissemana de junho, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

De acordo com o levantamento, apesar da subida de junho, a inflação perdeu força em relação à primeira prévia (+0,19%). Nesta leitura, quatro dos sete componentes avançaram de forma menos intensa ou ampliaram a deflação.

Confira o IPC-Fipe por setores:

  • Habitação: -1,45% (de -1,41%)🔻
  • Alimentação: 0,67% (de 0,84%)🔻
  • Transportes: 0,09% (de 0,49%)🔻
  • Despesas Pessoais: 1,63% de (1,91%)🔻
  • Saúde: 0,09% (de 0,08%)🔺
  • Vestuário: 1,33% (estável)
  • Educação: 0,18% (de 0,13%)🔺

Inflação pelo IPC-S sobe 0,91% na segunda quadrissemana de junho

O IPC-S da segunda quadrissemana de junho de 2022 subiu 0,91% e acumula alta de 10,58% nos últimos 12 meses. Nesta apuração, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição para o resultado do IPC-S partiu do grupo Habitação cuja taxa de variação passou de -0,15%, na primeira quadrissemana de junho de 2022 para 0,79% na segunda quadrissemana de junho de 2022.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Vestuário (1,62% para 1,94%), Comunicação (-0,31% para -0,23%) e Educação, Leitura e Recreação (3,43% para 3,44%). Em contrapartida, os grupos Transportes (0,62% para 0,30%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,89% para 0,72%), Despesas Diversas (0,77% para 0,61%) e Alimentação (0,73% para 0,70%) apresentaram recuo em suas taxas de variação.

IGP-M acelera a 0,55% na segunda leitura de junho

A inflação medida pelo IGP-M subiu +0,55% na segunda prévia de junho, de 0,39 na mesma leitura de maio, segundo a Fundação Getúlio Vargas. Dois dos três componentes do IGP-M registraram avanço.

  • IPC-M acelerou a +0,66%, de +0,28 na leitura de maio
  • ICC-M avançou +3,33%, de +0,70% na prévia anterior
  • IPA-M desacelerou a +0,21%, de +0,38% em maio
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias