Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Usar FGTS para comprar ações Eletrobras (ELET3, ELET6): entenda

Usar FGTS para comprar ações Eletrobras (ELET3, ELET6): entenda

Claudia Zucare

Claudia Zucare

08 Jun 2022 às 10:03 · Última atualização: 08 Jun 2022 · 6 min leitura

Claudia Zucare

08 Jun 2022 às 10:03 · 6 min leitura
Última atualização: 08 Jun 2022

Está na dúvida sobre usar FGTS para comprar ações Eletrobras (ELET3, ELET6)? Então, prossiga na leitura deste artigo.

Investidores em geral podem participar do processo de capitalização da Eletrobras (ELET3, ELET6) por meio de uma estrutura de nome desconhecido do grande público, mas já usada em outras privatizações no passado: os chamados Fundos Mútuos de Privatização (FMP).

Um Fundo Mútuo de Privatização é um tipo de fundo de investimento constituído da mesma forma que qualquer outro fundo do tipo condomínio: com a figura de um gestor responsável por aplicar os recursos.

O diferencial desse produto é que uma de suas modalidades permite o uso de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para comprar ações de companhias estatais em processo de privatização ou capitalização.

Os trabalhadores com recursos no FGTS podem usar 50% do valor do fundo de garantia para comprar papéis da Eletrobras. E as reservas seguem até esta quarta-feira (8). Mas vale a pena participar?

“Se você tem recursos no FTGS, a não ser que você vá comprar uma casa amanhã, você tem que comprar ações da Eletrobras”, resume Luís Moran, head da EQI Research.

Entendendo o Fundo Mútuo de Privatização (FMP)

A estrutura do FMP foi criada em 2000 e foi relevante, por exemplo, no processo de capitalização da Petrobras, nos anos de 2000 e 2010, que transformou a empresa numa sociedade de economia mista (capital aberto pulverizado com o governo como controlador) e na Vale (então Vale do Rio Doce), em 2002.

Funciona assim: as instituições financeiras autorizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), como o Banco BTG Pactual (BPAC11), constituem e administram um veículo que receberá recursos do FGTS de trabalhadores interessados em adquirir as ações de uma empresa privatizada.

Esses fundos vão comprar as novas ações da Eletrobras. Eles só se diferem pelos custos envolvidos no processo, como a taxa de administração.

Os 5 maiores Fundos Mútuos de Privatização da história, conforme patrimônio líquido (PL)

fundos mútuos
Reprodução/BTG

Como usar o FGTS?

O trabalhador que quiser participar do processo deverá dispor de um mínimo de R$ 200 para aplicar e também deverá respeitar o teto de até 50% do saldo no FGTS para uso.

O trabalhador precisa, então, acessar o aplicativo do FGTS para escolher a administradora de FMP-FGTS e dar autorização para a consulta e solicitação de reserva.

E se eu quiser sair do fundo?

O investidor pode pedir resgate após 12 meses da aplicação e os recursos são, obrigatoriamente, novamente revertidos ao FGTS.

Há incidência, no momento do resgate, de imposto aplicável a ações (15% sobre o lucro), se os ganhos superarem o rendimento da conta do FGTS; do contrário, o ganho é isento.

Eletrobras

Por que vale a pena usar o FGTS?

O FGTS tem sua remuneração determinada pela Lei 8.036/1990, que especifica um retorno de 3% ao ano mais uma atualização monetária mensal a cada dia 10 (a Taxa Referencial).

O trabalhador só pode acessar os recursos em condições previstas:

  • financiamento imobiliário,
  • problema grave de saúde,
  • demissão sem justa causa,
  • ou no aniversário do trabalhador (modalidade saque-aniversário, com acesso parcial aos recursos).

Então, ao decidir migrar do FGTS para as ações da Eletrobras, o movimento é de troca da renda fixa para a variável. Portanto, o investidor passa a estar sujeito a todos os riscos inerentes ao mercado – volatilidade do cenário macroeconômico.

Sobre isso, Luís Moran é taxativo: FGTS não deve ser encarado, nunca, como um investimento.

“Fora isso, ao decidir trocar o FGTS por ações da Eletrobras, o investidor tem a tranquilidade de saber que a empresa deverá ter regras contábeis conhecidas e auditadas, divulgadas com periodicidade trimestral e ampla discussão pelo mercado, possivelmente com aumento sua capacidade de pagamento de dividendos”, ele diz. “Não conheço ninguém que considere FGTS como parte dos seus investimentos. Então, não há nenhuma razão para não investir em um FMP Eletrobras”, resume.

Existe risco em investir o FGTS em Eletrobras?

Como já dito, ao trocar a renda fixa do FGTS pela rentabilidade de uma ação, o investidor poderá ter retornos mais significativos no longo prazo, já que a governança desvinculada de decisões políticas tende a ser muito favorável tanto para dividendos quanto para valorização do papel.

No entanto, dependendo do perfil do investidor, será preciso se acostumar à volatilidade do mercado de ações.

“Para quem tem receio, vale dizer que o FGTS é controlado pelo governo e não há nele, nem de longe, a mesma estrutura de governança e transparência de uma empresa aberta e listada em bolsa”, afirma Moran.

Atual cenário para a capitalização da Eletrobras

O governo espera concretizar a capitalização da Eletrobras no dia 13 de junho. No entanto, todo o processo dependia da aprovação de um aporte de Furnas, subsidiária da empresa, o que foi aprovado pelo Conselho de Administração nesta segunda. A empresa assumiu o custo de uma sentença judicial de quase R$ 1,6 bilhão de uma de suas associadas, a Madeira Energia (MESA).

  • Quer saber mais sobre usar FGTS para comprar ações Eletrobras? Então, preencha o formulário que um assessor da EQI entrará em contato. 
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias