Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Embraer (EMBR3) fecha acordo para estudar aeronave com emissão zero

Embraer (EMBR3) fecha acordo para estudar aeronave com emissão zero

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

17 Fev 2022 às 00:24 · Última atualização: 17 Fev 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

17 Fev 2022 às 00:24 · 3 min leitura
Última atualização: 17 Fev 2022

Embraer

A Embraer (EMBR3) fechou um acordo com Widerøe e Rolls-Royce para estudar uma aeronave regional conceitual com emissão zero. O estudo cooperativo de 12 meses – no contexto de pesquisa e desenvolvimento pré-competitivo – abordará as exigências dos passageiros de se manterem conectados, em um mundo pós-Covid-19, de forma sustentável.

Outro objetivo é buscar acelerar o conhecimento tecnológico necessário para essa transição. As novas tecnologias permitirão que os países continuem a apoiar a mobilidade de passageiros, enquanto reutilizam a maior parte da infraestrutura existente de maneira mais sustentável.

De acordo com a Embraer, avanços na pesquisa científica podem tornar a energia limpa e renovável um grande facilitador para uma nova era da aviação regional. As três empresas compartilharão seu conhecimento aprofundado de design de aeronaves, demanda de mercado, operações e soluções de propulsão, para desenvolver ainda mais a compreensão das tecnologias de emissão zero, seu amadurecimento e aplicação às futuras aeronaves regionais.

Entre outros tópicos, o estudo cobrirá uma vasta gama de empregos de novas tecnologias de propulsão, para examinar diversas soluções potenciais – incluindo aeronaves totalmente elétricas, com célula de combustível de hidrogênio ou aeronaves movidas a turbina a gás de hidrogênio.

Banco Mercantil (BMEB3; BMEB4) paga R$ 25 milhões em proventos

O Banco Mercantil (BMEB3; BMEB4) informou que aprovou o pagamento de valor total em R$ 25 milhões em proventos.

Em dividendos, a companhia pagará R$ 2.115.085,76 a detentores de ações ordinárias (ON), ao valor de R$ 0,032462 cada. Para detentores ações preferenciais (PN), será pago valor total de R$1.399.288,41, sendo R$0,035728 por ação.

Em juros sobre o capital próprio (JCP), a empresa desembolsará R$ 12.990.270,09, sendo R$ 0,234556 por ação ON, em valor bruto. Já para papéis PN, será pago R$ 0,258012 por ação. No JCP, incidem 15% de imposto de renda retido na fonte.

O pagamento dos proventos ocorrerá em 8 de março e farão jus à remuneração, o acionista que possuir papéis do banco até 21 de fevereiro.

Em outro comunicado, o Banco Mercantil informou que aprovou a recolocação de 510.800 ações preferenciais (PN), negociadas sob o ticker BMEB4. Os papéis estavam sendo mantidos em tesouraria.

Gafisa (GFSA3) infoma ataque hacker

A Gafisa (GFSA3) informou que os sistemas de TI – tecnologia da informação – da empresa foi alvo de um ataque hacker. O ataque foi de um vírus do tipo ransomware. A empresa informou que os protocolos de segurança foram acionados para mitigar os impactos.

A empresa esclarece que as operações da companhia não foram interrompidos. E o time de tecnologia está avaliando a extensão dos danos.

Em outro comunicado, a empresa esclarece matérias veiculadas na mídia entre os dias 15 e 16. A empresa informou que mantém conversas com diversos agentes do mercado no intuito de identificar oportunidades, que incluem a BRMalls (BRML3), assim como outras empresas do segmento, buscando inclusive desenvolver sua unidade de negócios de propriedades, não havendo quaisquer documentos até o momento celebrados.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias