Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Dossiê LCI: Letra de Crédito Imobiliário

Dossiê LCI: Letra de Crédito Imobiliário

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

18 Fev 2022 às 19:51 · Última atualização: 18 Fev 2022 · 6 min leitura

Redação EuQueroInvestir

18 Fev 2022 às 19:51 · 6 min leitura
Última atualização: 18 Fev 2022

LCI's LCA's

A Letra de Crédito Imobiliária é um papel emitido por instituições financeiras e que servem para financiar a expansão do setor de imóveis no país. Até mesmo por isso, quem investe em um título desses contribui para a redução no défict habitacional da nação. Por isso, recebe isenção no pagamento de imposto de renda sobre os rendimentos.

Este artigo mostra melhor do que se trata essa aplicação. Ao ler o texto, você entenderá o conceito de uma LCI. Saberá quais são as formas de rentabilidade ofertadas, além de conhecer as vantagens proporcionadas pelo investimento.

Continue a leitura e obtenha esse conhecimento!

O que é uma LCI?

A Letra de Crédito Imobiliário, como também é conhecida, nada mais é do que um título de renda fixa que serve como ótima alternativa a investimentos mais tradicionais, como a poupança.

Trata-se de uma excelente opção do mercado financeiro por vários motivos.

Em primeiro lugar, é um papel cujo emissor são obrigatoriamente as instituições financeiras, como os bancos. Dessa forma, o risco de crédito é atenuado, principalmente se o emissor for uma grande instituição do mercado.

Isso remete a uma outra vantagem do título que é a garantia de cobertura do FGC. Assim, seus investidores podem ficar mais tranquilos ainda ao investir no papel.

Outro ponto muito interessante nas LCIs é que os recursos captados pela instituição emissora deve ser aplicado obrigatoriamente no mercado imobiliário do país.

Isso constitui um grande benefício, pois se trata de uma área de nosso economia muito sólida. Além disso, conta com lastro físico representado pelo próprio imóvel.

Tudo isso faz da Letra de Crédito Imobiliário um ótimo investimento para quem deseja compor a parcela de sua carteira de renda fixa.

Quais são os tipos de rendimento de uma LCI?

Existem três formas de remuneração proporcionados por uma LCI. Acompanhe.

Prefixado

Nesse tipo de rendimento, a rentabilidade já é conhecida no ato da contratação do título. Assim, sabe-se quanto esperar de lucro ao final do período.

Um exemplo é uma LCI que rende 10% ao ano durante um prazo de 5 anos.

Pós-fixado

Já a LCI pós-fixada é aquela que é atrelada a algum índice de referência, como o CDI por exemplo. Sua rentabilidade será expressa como um percentual deste, como 110% do CDI.

Como esse indexador muda conforme a taxa Selic é alterada, não há como saber qual será o rendimento ao final do período. Daí sua nomenclatura.

Rendimento híbrido

Por fim, temos a LCI híbrida. Ela é chamada assim porque uma parte de seu rendimento é dada na forma prefixada e a outra no formato pós-fixado.

É comum que a parte atrelada a um índice seja junto com a inflação. Assim, uma LCI que renda IPCA + 5% terá ganho real de 5% acima da inflação.

Quais são as vantagens de investir em LCI?

Acompanhe os principais benefícios de uma LCI.

Previsão

Uma das grandes vantagens de uma letra de crédito imobiliário é o fato de ser um título de renda fixa. Dessa forma, é possível ter maior previsibilidade em relação aos rendimentos no futuro.

Esse tipo de previsão é ideal e muito necessário para quem tem um plano claro de aposentadoria. O patrimônio pode ser formado de maneira mais sólida ao longo do tempo.

Já para quem forma seu portfólio de investimentos considerando a renda variável, um LCI serve também como controle de risco para a carteira para que o capital não fique tão exposto aos riscos de mercado.

Rentabilidade

Outro ponto forte de um LCI está ligado à capacidade de retornar bons rendimentos. Isso é conseguido principalmente pela ausência no pagamento de imposto de renda sobre os lucros auferidos.

Como forma de incentivar os investimentos no mercado de crédito imobiliário, o Governo Federal isenta o investidor da cobrança de IR. Isso aumenta os lucros na medida que torna-se possível reinvesti-los.

Segurança

Para quem deseja realizar aplicações financeiras com segurança, um título de LCI pode ser uma das melhores opções existentes no mercado.

A razão disso é que se trata de um papel garantido pelo FGC, o Fundo Garantidor de Crédito. Ele cobre aplicações em um valor de até R$ 250 mil por CPF e por instituição.

Quem deseja fazer aplicações superiores a esse valor basta diversificar o número de instituições, não ultrapassando mais do que os R$ 250 mil aplicados em cada uma delas. O valor somado coberto pelo FGC é de R$ 1 milhão.

Quais são as possíveis desvantagens do investimento em LCI?

Veja agora os possíveis pontos negativos que uma LCI pode ter para alguns investidores.

Investimento inicial

Para a maioria dos investidores a aplicação inicial é um fator de desvantagem nas aplicações em LCI. A razão disso é o chamado “ticket de entrada”, pois os títulos exigem um aporte de pelo menos R$ 5 mil.

Isso acaba funcionando como uma barreira de entrada para os investidores de menor porte. Não é possível fazer aplicações da ordem de R$ 100,00 ou R$ 500,00, por exemplo.

Prazo

Outro ponto que pode pesar na decisão de investir em um LCI é o prazo de resgate. A maioria deles prevê que o recurso fique aplicado no médio e longo período. Apenas alguns deles tem previsão de um ano.

No entanto, os prazos mais curtos tendem a apresentar menor rentabilidade. Além disso, investidores que buscam aplicações com resgate mais rápido (menor que um ano) não conseguem ver na LCI uma boa alternativa.

Liquidez

Da exigência de prazo mínimo para a aplicação vem a terceira desvantagem que é a falta de liquidez do título.

Não é raro que um investimento precise ser resgatado antes de seu vencimento, ou seja, do tempo total de aplicação requerido no momento da compra do papel.

As LCI’s não permitem que seja feita tal operação, pelo menos não sem perder a rentabilidade contratada. Assim, quem decide resgatar seu título antes do prazo acordado precisa abrir mão de todo o rendimento do período até então.

Investir em um título de LCI é uma ótima oportunidade de aplicar na renda fixa com segurança e rentabilidade. A isenção de pagamento no IR facilita o reinvestimento dos lucros, enquanto a garantia do FGC aumenta a proteção. Certamente essa é uma excelente alternativa para compor a parte de renda fixa de uma carteira de investimentos.

Quer conhecer alternativas interessantes de investimentos? Então preencha este formulário para um assessor da EQI Investimentos entrar em contato com você e explicar melhor!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias