Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
CNI: confiança cresce em 19 dos 29 setores da indústria em abril

CNI: confiança cresce em 19 dos 29 setores da indústria em abril

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

26 Abr 2022 às 18:54 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

26 Abr 2022 às 18:54 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Imagem mostra profissional da indústria da construção em serviço.

Reprodução

Dados compilados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostram aumento na confiança de vários setores da indústria. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) por setor apresentou crescimento em abril em comparação com o mês de março.

O ICEI se manteve acima dos 50 pontos, que incluiu até mesmo dez setores onde houve queda em relação ao mês passado. O aumento, portanto, foi apresentado em 19 dos 29 setores da indústria.

CNI: análise sobre o crescimento da confiança

De acordo com Marcelo Azevedo, gerente de Análise Econômica da CNI, o aumento desta confiabilidade ocorreu porque os riscos do início do ano foram reavaliados.

“A alta no mês foi significativa em alguns setores, mas estamos falando de um otimismo desmedido” afirmou Azevedo. Para ele, “possivelmente há uma reavaliação dos riscos e incertezas trazidos pela nova onda de covid-19 no início do ano, assim como a invasão da Ucrânia pela Rússia”.

Azevedo, portanto, avalia que o cenário estaria mais estável, o que, de acordo com ele, “trouxe algum alívio para expectativas em abril”.

Para o gerente de Análise Econômica da CNI, há problemas que persistem e dificultam um crescimento mais forte. Azevedo acredita que “inflação, juros e tributação complexa seguem presentes e impedem que o otimismo deslanche”.

O índice Icei varia de 0 a 100 pontos. Portanto, valores acima dos 50 pontos indicam confiança. Abaixo dos 50 pontos, desconfiança.

Para a compilação apresentada pela CNI foram entrevistados 2.229 empresas.

Foram analisadas 887 empresas de pequeno porte, 830 de médio porte e 512 de grande porte. A pesquisa foi realizada entre os primeiros 11 dias do mês de abril.

Quais setores apresentaram maior crescimento

O setor de Produtos de borracha junto ao de Produtos de limpeza, perfumaria e higiene foram os que apresentaram maiores aumentos. Crescimento de 53,4 para 59,3 pontos e 53,8 para 58,8 pontos, respectivamente. Enquanto a Metalurgia obteve aumento de 53,8 para 58,8 pontos.

Entre os setores que tiveram queda no período estão o de Calçados e suas partes, que caiu de 58,8 para 55,1 pontos; o setor de Produtos de metal foi de 56,5 para 54,3 pontos; e o setor de Impressão e reprodução de gravações, que teve queda de 57,9 para 55,8 pontos.

Cabe ressaltar que tais números são comparados entre os meses de março para abril, ou seja, crescimento ou queda de confiança de um mês para outro.

 

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias