Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Boa Safra (SOJA3): EQI Research recomenda compra, com preço-alvo a R$ 16

Boa Safra (SOJA3): EQI Research recomenda compra, com preço-alvo a R$ 16

Matheus Miranda

Matheus Miranda

22 Set 2022 às 18:17 · Última atualização: 22 Set 2022 · 4 min leitura

Matheus Miranda

22 Set 2022 às 18:17 · 4 min leitura
Última atualização: 22 Set 2022

Boa Safra (SOJA3)

Pixabay

A EQI Research está iniciando a cobertura de Boa Safra (SOJA3), considerada líder na produção de sementes de soja no Brasil. A recomendação é de compra e com preço-alvo estipulado em R$ 16,00 para dezembro 2023, significando um potencial de valorização de 18,8%.

A Boa Safra é uma empresa de produção de sementes, com participação em estados representando em conjunto mais de 70% do território nacional, atuando nas regiões do Centro-Oeste, Sudeste, Norte e Nordeste.

As unidades de beneficiamento de Sementes estão localizadas nas cidades de Formosa e Cabeceiras, em Goiás, Buritis, em Minas Gerais e no Distrito Federal. São regiões com altitude a partir 920 metros, que possuem precipitação média de até 1.200 mm ao ano e com pouca chuva no período da colheita pontos que contribuem significativamente para a produção de sementes de maior qualidade. São cinco Unidades que juntas produzem quase 3 milhões de sacas de 40 kg de sementes de soja.

Os acionistas Marino Stefani Colpo e Camila Stefani Colpo possuem participação de 30,1670% cada e são os controladores. A HIX Investimentos Ltda detém 7,8810% e a Truxt Investimentos, mais 4,8700%. O free-float da companhia é de 26,9150%.

Por que investir em Boa Safra (SOJA3)?

A tese de investimento sobre Boa Safra (SOJA3) está fixada em três pontos: tendência secular de crescimento da área plantada e do consumo de soja; mercado pulverizado e em expansão, com oportunidades de ganho de participação e consolidação; e plano de investimentos em expansão, triplicando a capacidade produtiva até 2026.

“Nossa recomendação de compra para a SOJA é baseada no plano de expansão para triplicar a capacidade produtiva até 2026, abrindo novas unidades de beneficiamento de sementes (UBS) e centros de distribuição (CD) para ampliar sua atuação nacionalmente”, aponta trecho do relatório da EQI Research.

O relatório diz ainda que o modelo de negócio da companhia é potencializado pelo mercado de sementes ser pulverizado. Isso porque há muitas Pequenas e Médias Empresas (PMEs), além de produtores informais.

“Acreditamos que a Boa Safra está em uma posição privilegiada para ganhar participação ou até mesmo consolidar este mercado. Por fim, existe uma tendência secular de crescimento do consumo de soja, levando ao aumento da área plantada e pela demanda de sementes de melhor qualidade”, aponta outro trecho do relatório.

Principais riscos

Já sobre os principais riscos desta tese de investimentos estão relacionados à concentração da receita líquida na soja, tornando a Boa Safra exposta aos ciclos e riscos específicos de uma única cultura.

Outro risco está relacionado a dependência da companhia às empresas genéticas responsáveis pelo desenvolvimento das sementes, as quais têm poder de barganha já que a Boa Safra não possui patentes próprias.

“Por fim, acreditamos que concretizar o plano de expansão é fundamental para a tese, uma vez grande parte do valor da companhia está centrado nele”, diz outro trecho do relatório.

Quer saber mais sobre a Boa Safra (SOJA3)? Clique aqui e fale com um dos assessores da EQI Investimentos e tenha acesso exclusivo aos relatórios da EQI Research.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias