Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Porque investir apenas em CDBs com rentabilidade acima de 100% do CDI? Descubra!

Porque investir apenas em CDBs com rentabilidade acima de 100% do CDI? Descubra!

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

19 Fev 2022 às 19:00 · Última atualização: 19 Fev 2022 · 5 min leitura

Redação EuQueroInvestir

19 Fev 2022 às 19:00 · 5 min leitura
Última atualização: 19 Fev 2022

Veja se é um bom momento para investir em NTN-B: ilustração de mão recebendo moedas

Reprodução/Pixabay

Escolher um CDB com 100% do CDI deve estar entre os mandamentos do investidor que aplica em renda fixa. A razão disso é que existem outras aplicações no mercado financeiro que garantem esse percentual. Investir em algo que renda abaixo disso não faz nenhum sentido prático.

Avance na leitura para entender melhor o significado de investir em CDB com rentabilidade acima de 100% do CDI. Confira!

O que é CDI?

Ainda existe muita dúvida sobre o que é o CDI. E não é para menos, pois ele tem uma caracterização bastante interessante.

Da mesma forma que pessoas precisam de empréstimos para diversas finalidades (entre elas cumprir compromissos financeiros), isso também acontece com instituições bancárias.

A razão é que o Banco Central do Brasil exige que ao final de um dia, todas as operações compromissadas de um banco estejam cumpridas. No entanto, nem sempre existe caixa para isso, o que é normal.

É nesse momento que surge um mecanismo existente entre as instituições bancárias, que é o empréstimo interbancário.

Como em alguns bancos “sobra” dinheiro ao final de um dia, pode-se fazer o empréstimo a um outro que precisa de recursos naquele dia para fechar o caixa zerado, sem dívidas.

E é exatamente isso que quer dizer o CDI: Certificado de Depósito Interbancário. Quando um banco precisa de recursos, pode pedir a outro. Este, por sua vez, emitirá um certificado com uma taxa de juros acrescida na operação.

No entanto, vale dizer que esse empréstimo é sanado em curtíssimo prazo, geralmente no espaço de um dia apenas.

É por isso que o CDI é chamado também dessa forma, de um empréstimo interbancário de prazo curto. Todo esse mecanismo é útil para gerar fluidez de capital em todo o mercado financeiro.

A taxa embutida no CDI é chamada de taxa DI de um dia. Ela tem seu cálculo feito diariamente, mas também é possível chegar ao seu acumulado de um mês, de um semestre ou mesmo de um ano. Basta calcular.

O que significa uma rentabilidade de um CDB com 100% do CDI?

Alguns títulos, a exemplo do CDB, tem uma quantidade muito grande de exemplares distribuídos no mercado com rentabilidade atrelada ao CDI.

Quando isso acontece, dizemos que o CDB é pós-fixado, pois segue a rentabilidade de um indexador. Nesse caso, o próprio CDI.

Assim, dizer que um CDB rende 100% do CDI quer dizer que sua rentabilidade será a mesma do indicador, não importando quando seja ele.

Se o CDI está rendendo 10% ao ano, o CDB também o renderá. Se ele rende 5% ao ano, essa será a rentabilidade do CDB.

O que nunca mudará será o percentual de rendimento. Se um CDB rende 100% do CDI, então sempre dará esse rendimento ao investidor.

Porque investir apenas em CDBs com rentabilidade acima de 100% do CDI?

A rentabilidade do CDI é sempre muito próxima da taxa Selic, sendo levemente abaixo desta. Dessa forma, convém lembrar que existe uma aplicação na plataforma do Tesouro Direto chamada Tesouro Selic.

Isso quer dizer que qualquer investidor pode aplicar nesse título com valores iniciais muito baixos. Sendo assim, é possível afirmar sem medo de errar que facilmente se consegue uma rentabilidade acima de 100% do CDI.

A razão dessa afirmação é que a Selic é levemente acima do CDI. Logo, uma rentabilidade igual ao seu valor está acima do CDI, por menor que seja.

Além disso, trata-se de um título emitido pelo Governo Federal e, portanto, tem baixíssimo risco de inadimplência.

Ora, se o investidor já tem isso em mãos, porque então trocar por algo de menor valor? Não faz sentido nenhum.

Isso quer dizer que para ser conveniente investir em um CDB, ele deve pagar mais que 100% do CDI.

Até porque a liquidação do Tesouro Selic é diária, enquanto o CDB requer um período no qual o investidor deverá manter sua aplicação no banco. Se resgatar antes, pode perder a rentabilidade acumulada.

Alocar recursos em um CDB que precisa ficar com o dinheiro aplicado só se justifica se a taxa de rentabilidade for acima da taxa Selic, que é muito próxima do CDI.

Quais são as dicas para escolher um bom CDB disponível no mercado?

Veja a seguir algumas recomendações importantes para escolher um bom CDB.

Analise o cenário macroeconômico

É importante olhar para a política econômica em execução no momento de decidir investir em renda fixa.

Isso deve balizar o montante a ser alocado em papéis desse mercado, pois a depender da taxa de juros praticada, pode ser mais interessante aumentar ou reduzir esse percentual.

Já tivemos a Selic a 2% ao ano, abaixo da inflação. Mas também houve momentos de taxas a dois dígitos, sendo bem mais interessante.

Entenda as taxas cobradas nos ativos

Saber de antemão as regras de investimento em um CDB é muito importante, principalmente no que se refere ao resgate antecipado.

Vários títulos dessa modalidade impõem penalidades para quem retira o dinheiro da aplicação antes do tempo. Geralmente, perde-se toda a rentabilidade acumulada no período.

Portanto, vale a pena consultar todas as informações a respeito das taxas incidentes sobre a aplicação.

Anteveja o IR

Outro ponto de grande importância é a cobrança de imposto de renda. Dependendo do tempo que a aplicação é mantida, menos imposto deve ser pago sobre os ganhos.

Nesse sentido, o planejamento do investimento é fundamental, pois a partir de dois anos a alíquota incidente alcança seu valor mínimo, maximizando os resultados auferidos no período.

Se aprofunde nas características do CDB

Conhecer as características de um CDB é fundamental para fazer uma boa escolha. Um dos pontos muito significativos, por exemplo, é escolher entre pré fixado, pós-fixado ou híbrido.

Isso permite fazer uma melhor composição de carteira com os ativos adequados.

Investir em um CDB com 100% do CDI é um pré-requisito básico para quem decide aplicar nesse título. Por conta de aplicações semelhantes no mercado, como o Tesouro Selic, não faz sentido aceitar uma rentabilidade menor que esta. Tenha isso em mente e seus investimentos poderão ter ótimos retornos.

Invista com segurança

Quer conhecer mais investimentos? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para apresentar as aplicações disponíveis!

Confira aqui como um assessor de investimentos pode te ajudar em 2022!

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias