Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Jornais | Petrobras deve anunciar hoje novo reajuste, e medo de recessão derruba bolsas

Jornais | Petrobras deve anunciar hoje novo reajuste, e medo de recessão derruba bolsas

Osni Alves

Osni Alves

17 Jun 2022 às 07:28 · Última atualização: 17 Jun 2022 · 4 min leitura

Osni Alves

17 Jun 2022 às 07:28 · 4 min leitura
Última atualização: 17 Jun 2022

Jornais | Poupança das famílias recua no 1º tri e alimenta consumo, e pressão na Petrobras aumenta

A Petrobras deve anunciar hoje um novo reajuste dos combustíveis, e o medo de recessão derruba as bolsas internacionais. Estas são algumas das manchetes que permeiam o noticiário desta sexta-feira (17).

De acordo com o Valor Econômico, em relação à Petrobras, em reunião extraordinária do conselho da empresa, os conselheiros da petroleira avaliaram que a definição de preços é de competência da diretoria da empresa, e não do conselho da companhia.

Em se tratando das bolsas internacionais, o jornalão elenca que o temor de uma atividade mais fraca derrubou as bolsas pelo mundo. Nos EUA, o índice Dow Jones recuou 2,42%, enquanto o Nasdaq caiu 4,08%. Na Europa, as quedas também foram expressivas: 3,14% em Londres e 3,31% em Frankfurt, por exemplo.

Também traz que assassinatos no AM repercutem e comprometem imagem do país.

Já O Globo destaca que a PF investiga participação de 5 pessoas no assassinato de Bruno e Dom, no Amazonas.

O periódico elenca, ainda, que a Petrobras ignora o governo e vai subir gasolina e diesel.

Também traz que Nunes Marques trava julgamento, e país tem boom de armas. Quase 270 mil novas armas foram parar nas mãos de brasileiros desde o dia 17 de setembro do ano passado, data em que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Nunes Marques interrompeu o julgamento de ações que questionavam decretos do presidente.

O Estadão, por sua vez, informa que a Petrobras tem sinal verde de conselho para elevar preços.

O jornalão elenca, ainda, que pescador diz que decisão de matar Bruno e Dom foi dele.

Também traz que o chefe do Poder Executivo adia aprovação de plano de socorro ao RS para atender Onyx.

A Folha de S.Paulo destaca que apuraçao de mortes no AM ainda não vê um mandante.

O diário da Barão de Limeira elenca, ainda, que a Petrobras nega pedido para segurar seus reajustes.

Também traz que Saúde liberará 4ª dose a quem tem mais de 40 anos.

Jornais | Petrobras deve anunciar hoje novo reajuste, e medo de recessão derruba bolsas

Internacional

Conforme noticiado mais cedo pelo Euqueroinvestir.com, os Futuros de Nova York sobem nesta manhã de sexta-feira (17), mesmo com o investidor pesando a capacidade do Federal Reserve (Fed, espécie de banco central dos EUA) em conter a inflação).

Na última quarta a autoridade monetária elevou a taxa básica de juros em 75 pontos base ante 50 pontos base previstos anteriormente. Isso porque a instituição financeira se viu obrigada a apertar ainda mais o cinto por conta de uma inflação na casa dos 8,6%.

Esse movimento derrubou os mercados na quarta e quinta e nesta sexta há um movimento de correção. Ainda assim, mesmo com as bolsas andando de lado, os investidores profissionais estão se reposicionando para ganhar dinheiro, em busca de ativos resilientes e protetivos.

Em relação à economia dos EUA, o Wall Street Journal informa que o crescimento econômico do país mostra sinais de queda. Isso porque setores-chave, como habitação e gastos do consumidor, estão sucumbindo à alta inflação e ao aumento das taxas de juros, provocando temores de uma recessão.

O jornalão também destaca que um rápido aumento nas exportações americanas de combustíveis este ano ajudou a elevar os preços da gasolina para um recorde de US$ 5 o galão e está pressionando os preços do gás natural nos EUA, que atingiram os níveis mais altos em mais de uma década no início deste mês.

O periódico elenca, ainda, que as taxas de hipoteca dos EUA atingiram seus níveis mais altos em mais de 13 anos, o mais recente sinal de tumulto no mercado ligado à campanha do Federal Reserve para esfriar a inflação.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias