Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Intelbras movimenta R$ 1,3 bi em IPO; Rumo (RAIL3) emite debêntures

Intelbras movimenta R$ 1,3 bi em IPO; Rumo (RAIL3) emite debêntures

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

03 Fev 2021 às 11:00 · Última atualização: 03 Fev 2021 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

03 Fev 2021 às 11:00 · 2 min leitura
Última atualização: 03 Fev 2021

Intelbras (INTB3)

Intelbras

Intelbras precificou seu IPO em R$ 15,75 por ação, um pouco acima do piso da faixa indicativa, que ia de R$ 15,25 a R$ 19,25.

Assim, a empresa movimentou R$ 1,3 bilhão com sua oferta de ações – 55,55% dos recursos vão para o caixa da empresa e o restante, para os acionistas vendedores.

A oferta da Intelbras é a primeira de 12 ofertas iniciais lançadas para precificação neste mês.

Os coordenadores da oferta são os bancos BTG Pactual, Citi, Itaú BBA e Santander.

Sobre a Intelbras

A Intelbras é a maior fabricante nacional de câmeras e equipamentos de segurança eletrônica e comunicação do Brasil, segundo o monitoramento Intelbras de dados de importação (Midi).

Conforme o prospecto, a companhia está presente em 98% dos munícipios com potencial de consumo eletrônico no Brasil. Além disso, a Intelbras informou que exporta produtos para diversos países.

A companhia nasceu em Santa Catarina em 1976, quando iniciou suas atividades com a fabricação de centrais e aparelhos eletrônicos. Atualmente, a Intelbras fornece produtos e soluções em segurança eletrônica, controles de acesso, redes, comunicação, energia e energia solar.

Lucratividade

Em 30 de setembro de 2020, a receita líquida da Intelbras totalizou R$ 1,463 bilhão, representando um
aumento de 20,2% quando comparado ao período de nove meses findo em 30 de setembro de 2019.

No mesmo período, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou R$ 250,8 milhões. Já o Lucro Líquido totalizou R$ 121,2 milhões.

Rumo (RAIL3) emite de debêntures, no valor de R$ 1,2 bilhões

A Rumo (RAIL3) aprovou emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, no valor de R$ 1,2 bilhão.

Serão emitidos 1,2 milhões de títulos, com valor unitário de R$ 1.000,00.

Os recursos captados serão direcionados para investimento, pagamento futuro ou reembolso de gastos, despesas ou dívidas relacionadas ao projeto.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias