Fundos de Investimento
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
IFIX fecha em alta de 0,62%, aos 2.990 pontos; ouça análise de especialista da EQI

IFIX fecha em alta de 0,62%, aos 2.990 pontos; ouça análise de especialista da EQI

Fernando Cesarotti

Fernando Cesarotti

30 Set 2022 às 18:12 · Última atualização: 30 Set 2022 · 3 min leitura

Fernando Cesarotti

30 Set 2022 às 18:12 · 3 min leitura
Última atualização: 30 Set 2022

IFIX

Pixabay

IFIX fechou o pregão desta sexta-feira (30) com alta de 0,62% em relação à quinta-feira, aos 2.990,80 pontos. Durante o dia, o índice oscilou entre o mínimo de 2.972,48 pontos e o máximo de 2.990,80 pontos, no momento do fechamento.

Nesta sexta, o índice recuperou as perdas acumuladas de toda a semana e ainda conseguiu fechar em leve alta em relação asos 2.908 pontos da sexta-feira passada.. Um dos destaques foi o Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), que teve alta de 6,1%, fechando com a cota a R$ 146,10. Como destaque negativo, o XP Crédito Imobiliário fechou em baixa de 2,71%, a R$ 87,72 cada cota.

Destaques do dia

Os fundos de investimentos imobiliários que registraram as maiores altas foram: Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), VBI Logístico (LVBI11), Hedge Brasil Shopping (HGBS11), Malls Brasil Plural (MALL11) e XP Properties (XPPR11)

Já os fundos que registraram as maiores quedas foram: XP Crédito Imobiliário (XPCI11), RBR Rendimento High Grade (RBRR11), Maua Capital Hedge Fund (MCHF11), TG Ativo Real (TGAR11) e CSHG Imobiliário FOF – Fundo de Investimento Imobiliário (HGFF11).

IFIX: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
RCRB11R$ 146,97+6,52%
LVBI11R$ 116,00+4,08%
HGBS11R$ 216,00+3,43%
MALL11R$ 109,41+2,64%
XPPR11R$ 45,90+2,34%

IFIX: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
XPCI11R$ 87,72-2,71%
RBRR11R$ 90,60-2,27%
MCHF11R$ 9,19-1,50%
TGAR11R$ 125,71-1,40%
HGFF11R$ 81,89-1,19%

Outros destaques

O analista de FIIs da Monett, Felipe Paletta, publicou nesta sexta-feira um texto com recomendações para os investidores em fundos mobiliários com dicas sobre o que fazer a partir dos resultados das eleições, explicando que tipo de fundos tende a ter melhor rendimento de acordo com o candidato vencedor.

Em outro texto, falamos sobre as propostas dos candidatos para a taxação de dividendos, tema que também interessa aos investidores em FIIs.

Tá, e aí?Carolina Borges, especialista em FIIs da EQI Research

A analista Carolina Borges, da EQI Research, destaca que entre as principais altas da semana estão os fundos de tijolo, atrelados a imóveis reais, e a fundos de fundos, que misturam papéis de vários tipos.

Enquanto isso, os fundos de papel seguem com mais dificuldade para manter a valorização, por causa as permanência do cenário de deflação (inflação negativa). “Com essa deflação mais longa, os títulos de papel vêm tendo seus rendimentos comprimidos”, avisa a analista.

Borges destaca ainda a iminência da incorporação do fundo V2 Properties (VVPR11) pelo BTG Pactual Logística (BTLG11). Na visão dela, trata-se de uma ação positiva, que vai garantir maior liquidez aos cotistas dos dois fundos.

Quer saber mais sobre o IFIX e como investir melhor? Preencha o cadastro que um assessor da EQI Investimentos irá entrar em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias