Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Governo: Senado aprova nomeações de Bolsonaro para BC, CVM, Cade e agências

Governo: Senado aprova nomeações de Bolsonaro para BC, CVM, Cade e agências

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

07 Abr 2022 às 16:55 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

07 Abr 2022 às 16:55 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Presidente Jair Bolsonaro vai se encontrar com o bilionário Elon Musk em Porto Feliz (SP)

PSL lança candidatura deJair Bolsonaro a presidente à presidência da República.

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (6) indicações do presidente Jair Bolsonaro (PL) para cargos no governo em diversos órgãos: Banco Central (BC), Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e agências reguladores.

No Banco Central, Diogo Abry Guillen foi aprovado para a diretoria de Política Econômica na vaga deixada por Fabio Kanczuk, com 31 votos favoráveis, seis contrários e uma abstenção. Renato Dias de Brito Gomes vai ocupar a diretoria de Organização do Sistema Financeiro e Resolução da autoridade monetária, em substituição a João Manoel Pinho de Mello. Seu nome recebeu 48 votos favoráveis e seis contrários

Os dois diretores tinham sido indicados em dezembro e terão mandato até o fim de 2025, com possibilidade de renovação por mais quatro anos.

CVM com novo presidente

João Pedro Barroso foi aprovado como novo presidente da CVM, com 40 votos a favor, 12 contra e 2 abstenções. Ele substitui Marcelo Santos Barbosa, cujo mandato terminará em 14 de julho.

No Cade, a advogada Juliana Domingues vai ocupar o cargo de procuradora-geral. Ela fazia parte da assessoria do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, e agora comandará a Procuradoria-Federal Especializada do Cade (ProCade), que representa o órgão no Poder Judiciário. Seu nome foi aprovado com 43 votos a favor, três contra e duas abstenções.

Cargos em Agências

Na Agência Nacional de Águas (ANA), foram aprovadas as indicações da nova diretora-presidente, Veronica da Cruz Rios, e de três membros da diretoria: Ana Carolina Nascimento de Castro, Filipe de Mello Sampaio Cunha e Maurício Abijaodi Lopes de Vasconcellos.

Na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), receberam aval do Senado o novo diretor-geral, Sandoval de Araújo Feitosa Neto, e os diretores Hélvio Neves Guerra, Ricardo Lavorato Tili e Fernando Mosna.

Novo presidente do INSS

O governo também nomeou nesta quarta-feira o novo presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Guilherme Gastaldello Pinheiro Serrano. Ele já era diretor do órgão e vinha atuando como presidente substituto.

O cargo antes era ocupado por José Carlos Oliveira, novo ministro do Trabalho. Ele substitui Onyx Lorenzoni, que será candidato ao governo do Rio Grande do Sul. Onyx foi um dos vários membros do governo que se afastaram para disputar as eleições deste ano.

  • Quer entender como as mudanças no governo podem afetar seus investimentos? Então preencha este formulário e um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para tirar as suas dúvidas!
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias