Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
EUA: relatório ADP aponta 247 mil novos empregos em abril, puxado por grandes empresas

EUA: relatório ADP aponta 247 mil novos empregos em abril, puxado por grandes empresas

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

04 Mai 2022 às 13:17 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

04 Mai 2022 às 13:17 · 3 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

A Anfavea prevê um crescimento de até 6% em relaação a 2021, uma produção bem menor do que nos anos anteriores.

A Anfavea prevê um crescimento de até 6% em relaação a 2021, uma produção bem menor do que nos anos anteriores.

Os Estados Unidos tiveram 247 mil empregos criados no setor privado urbano, de acordo com o Relatório do Emprego ADP divulgado na manhã desta quarta-feira (4). O número ficou abaixo do esperado pelo mercado financeiro, que previa em torno de 380 mil novas vagas.

O número é inferior ao de março, que foi corrigido para 479 mil vagas, depois do anúncio inicial de 455 mil. O índice de fevereiro também foi ajustado, de 485 mil para 601 mil.

EUA: gráfico mostra dados do relatório ADP com criação de 247 mil novos empregos em abril.

O índice, que não leva em conta empregos públicos e nem o setor agrícola, foi puxado especialmente pelas grandes empresas, com mais de 500 empregados, que abriram 321 mil novas vagas, o que compensou o fechamento de 120 mil empregos em empresas com até 49 funcionários. As empresas médias, de 50 a 499 empregados, tiveram 46 mil novas vagas.

“Em abril, o mercado de trabalho mostrou sinais de desaceleração a partir do momento em que a economia se aproxima do cenário de pleno emprego. Embora a demanda por contratação permaneça forte, a escassez de oferta fez com que os ganhos de emprego diminuíssem. E, quando isso acontece, pequenas empresas, com menos de 50 funcionários, lutam com a concorrência por salários em meio ao aumento dos custos”, afirmou a economista-chefe da ADP, Nela Richardson.

Análise setorial

O setor de serviços puxou a alta de empregos na economia dos EUA, de acordo com o relatório ADP, com 202 mil novas vagas, enquanto na indústria foram 45 mil vagas criadas.

EUA: Tabela detalha itens setoriais do relatório ADP O setor de serviços puxou a alta de empregos na economia dos EUA, de acordo com o relatório ADP, com 202 mil novas vagas, assim distribuídas: Turismo e hospitalidade – 77.000 Serviços Profissionais e Negócios – 50.000 Educação e Saúde – 48.000 Fretes e transportes – 15.000 Finanças – 8.000 Outros serviços – 6.000 Informação – -2.000 Já no setor da indústria foram 45 mil vagas, assim distribuídas entre os setores: Manufatura – 25.000 Construção civil – 16.000 Mineração e extração – 4.000

Análise do Time Macro & Estratégica do BTG Pactual (BPAC11)

Analistas do Time Macro & Estratégica do BTG Pactual (BPAC11)  ressaltam que, mesmo com os dados abaixo do esperado, a média se mantém bastante elevada no ano, com a percepção de que o mercado de trabalho norte-americano está apertado, com mais vagas disponíveis do que oferta de trabalho, o que pressiona os salários (Indicador de Custo de Emprego acelerou 1,4% no 1T22).

O Relatório Jolts divulgado na terça-feira (3) sinalizou um aumento das vagas abertas por pessoas desempregadas de 1,79 para 1,94, maior patamar da série histórica; a taxa de demissão aumentou para 3%, também o maior patamar da série.

Nesse sentido, a despeito dos dados de atividade sinalizarem normalização de crescimento ao longo dos próximos meses, o caráter apertado do mercado de trabalho deve corroborar com a adoção de discurso de aperto monetário pelo FOMC, o comitê de política monetária do Fed que deve aumentar nesta quarta-feira a taxa de juros no país.

Isso reforça o cenário de dólar global forte ao longo das próximas semanas – o Índice Dólar (DXY) segue acima dos 103 pontos.

  • Quer entender como as oscilações da economia nos EUA podem influenciar seus investimentos? Então preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para tirar todas as suas dúvidas!
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias