Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
BTG (BPAC11) recomenda compra para Eztec (EZTC3), após joint venture com Adolpho Lindenberg (CALI3;CALI4)

BTG (BPAC11) recomenda compra para Eztec (EZTC3), após joint venture com Adolpho Lindenberg (CALI3;CALI4)

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

24 Fev 2022 às 21:24 · Última atualização: 24 Fev 2022 · 3 min leitura

Redação EuQueroInvestir

24 Fev 2022 às 21:24 · 3 min leitura
Última atualização: 24 Fev 2022

BTG

Divulgação

Em novo relatório divulgado nesta quinta-feira (24), o Banco BTG Pactual (BPAC11) apontou resultados sobre a parceria entre Eztec (EZTC3) e Construtora Adolpho Lindenberg (CALI3;CALI4). De acordo com a instituição financeira, a junção entre as empresas da construção civil representa novos horizontes no setor. O BTG mantém a recomendação de compra, ao preço-alvo de R$ 30.

A joint venture, que é uma sociedade sem caráter definitivo, pode representar a expansão da nova marca EZCAL no setor imobiliário. De acordo com o comunicado divulgado ao mercado, EZTC3 e CALI3 irão investir R$ 130 milhões nos próximos dois anos, e parte deste montante terá como destino o fortalecimento da construção com base no valor geral de vendas (VGV), que é um cálculo que determina a receita de um empreendimento no mercado imobiliário, e dentro deste contexto, é possível compreender o seu potencial dentro de uma visão comercial e setorial. Estima-se o investimento de R$ 1,75 bilhão em seis anos.

BTG Pactual (BPAC11): Novos horizontes para Eztec

A CALI3 tem sólida tradição na construção civil, com mais de 60 anos de trajetória. Ao todo, a companhia conta com mais de 700 projetos na cidade de São Paulo, todos destinados ao segmento médio/alto padrão.

A joint venture pode ser uma boa alternativa para a EZTC3, que busca alocar o seu capital e desta maneira aumentar o número de novos empreendimentos e lançamentos.  A união não irá comprometer as operações da Eztec e Adolpho Lindenberg, que continuam independentes.

Se a parceria for positiva, a Eztec poderá investir na compra de participação da Adolpho Lindenberg ao término do sexto ano, e desta forma, a companhia poderá atuar junto a administração da CALI3.

Novos lançamentos da EZTC3

Em paralelo a joint venture EZTC3 e CALI3, a Eztec manteve o seu foco em seus empreendimentos. A companhia que atua no setor da construção civil divulgou o lançamento de dois condomínios no 1TRI22, são eles: Exalt Ibirapuera – que custou R$ 288 milhões para ser construído e que tem como público alvo a classe média/alta e o Expression Ibirapuera, que consiste em um empreendimento de alto padrão com VGV de R$ 177 milhões.

A empresa ainda investiu em 60% da Vila Nova Fazendinha, um condomínio de baixa renda que conta com 46% das unidades vendidas. A aquisição irá garantir o acréscimo de R$ 84 milhões em relação ao VGV.

Bons ventos

A joint venture entre Eztec e Adolpho Lindenberg apresenta fatores positivos, como por exemplo, práticas compartilhadas que podem resultar em uma melhor administração, uma maior alocação de capital por parte da EZTC3, um estimulo maior na construção de novos empreendimentos – sem custos ou despesas físicas, além de possíveis parcerias após o período da sociedade.

Por fim, o Banco BTG acredita em um futuro promissor para a Eztec. As ações obtiveram a classificação de compra em 0,9x P/VP e ~7xP/L para 2022E

 

 

 

 

 

 

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias