Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Metaverso: O futuro nos investimentos

Metaverso: O futuro nos investimentos

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

11 Ago 2022 às 12:53 · Última atualização: 12 Ago 2022 · 6 min leitura

Redação EuQueroInvestir

11 Ago 2022 às 12:53 · 6 min leitura
Última atualização: 12 Ago 2022

metaverso

Você provavelmente ouviu sobre o conceito de metaverso a partir do reposicionamento de marca do Facebook, que agora se chama Meta. Pois bem, até então menos conhecida, cada vez mais essa ideia de um novo mundo virtual começa a influenciar a criação de produtos e serviços. Mas como essa nova revolução tecnológica pode impactar o futuro dos investimentos? Leia até o fim para entender essa resposta e saber como se preparar.

O que é o metaverso?

As definições para o que é o metaverso são múltiplas. Mas, para que você entenda a base da ideia e possa perceber como ela afeta o mundo dos investimentos, não é preciso ter profundo conhecimento sobre tecnologia. Assim, basta dizer que se trata de um mundo virtual, no qual se pode ter experiências imersivas. Em outras palavras, você pode ter uma vida nesse espaço digital a partir de sensações mediadas pela tecnologia.

Talvez você esteja se perguntando: então, qual a diferença para qualquer jogo? Trata-se da expansão e do aprofundamento de experiências que, sim, já são vivenciadas em inúmeros games virtuais – tendo como bons exemplos o Second Life e o The Sims. A diferença é que agora estamos mais próximos de um universo aberto, sem a restrição dos objetivos e limites de um jogo. Assim, o metaverso não estará em paralelo à vida real, mas relacionado a ela.

As aplicações do metaverso

As aplicações do metaverso são infinitas. Para começar, qualquer atividade humana do mundo real poderia ser experienciada em uma dimensão virtual. E, além disso, outras possibilidades para além do que conhecemos no mundo físico também se abrem. Para ilustrar melhor, seu avatar poderá caminhar por aí (o que você talvez vá experienciar com esteira e óculos 3D), como você próprio consegue, mas também poderá voar.

Seguindo com a compreensão sobre como o metaverso diz respeito a esses dois mundos, vale pensar no aluguel de uma casa. Você pode, por exemplo, visitar uma casa do mundo real a partir de uma visita guiada, feita com óculos de realidade aumentada. Ou, quem sabe, alugar uma casa do mundo virtual, conhecendo cada cômodo com o mesmo aparato tecnológico. Ou, ainda, alugar as duas versões da mesma casa.

As empresas e o metaverso

O metaverso vai dar certo? Qual será o alcance dessa segunda vida? Certamente são perguntas difíceis de responder. Assim como um dia talvez tenha sido difícil dizer sobre o futuro que a internet teria. Em todo caso, a experiência mostra que as empresas sobrevivem quando estão atentas às revoluções tecnológicas. E, por isso mesmo, já há uma enorme disputa pela liderança na vanguarda do metaverso.

O exemplo anterior, das casas, baseia-se em ações que já acontecem. Então, a questão não é mais saber se haverá um mundo virtual rico de interações. O importante agora é saber sobre a escala e o protagonismo. Esqueça a redução metaverso-game. A procura passa a ser por um mundo metaverso, em que será possível caminhar, voar, morar, vestir, comprar, trocar e, em síntese, viver.

As novas gerações já passam cada vez mais horas dos seus dias imersas em suas telas. E, por enquanto, nada indica que essa tendência vá ter qualquer alteração. Por isso, as organizações que conseguirem melhor adaptação a essa nova sociabilidade estarão na frente da concorrência e se apresentarão primeiro a uma nova massa consumidora. Artistas como Anitta e Emicida aplicaram essa lógica aos seus trabalhos e já fizeram apresentações em ambientes virtuais, oferecendo outro tipo de experiência ao público.

O e-commerce já é realidade incontornável. Agora, imagine as potencialidades dessa modalidade quando ela consegue oferecer experiências sensoriais ao cliente sem que ele precise sair de casa. Não é por acaso que, ao tratar de metaverso, Microsoft, Facebook, Google e todas as gigantes se mostram empenhadas em tomar essa dianteira. E que marcas do peso da Nike ou da Gucci já lançaram produtos visando o metaverso.

Avanços tecnológicos sempre impactaram os investimentos

Toda onda de inovação tecnológica sempre impacta, de alguma maneira, a forma de agir das organizações e, por consequência, o mercado financeiro. E, neste momento, não há como ignorar conceitos como a quarta revolução industrial, a web 3.0 e a economia criativa, entre outros. O mundo está em franca transformação.

Olhando para o universo dos investimentos, e mesmo mais especificamente as bolsas de valores, é correspondente aos maiores casos de sucesso a aposta nas tecnologias que estariam na base socioeconômica em algum momento do futuro. Ou, para ilustrar: aqueles que apostaram lá no começo nas ações de todas as empresas mais valiosas da atualidade ganharam muito dinheiro, e isso só ocorreu porque anteviram a tendência tecnológica.

Assim, repare: criptomoedas e NFTs são uma nova infraestrutura tecnológica que pode ser a base dessa nova organização socioeconômica. E elas já estão, em boa medida, sendo assimiladas pelo mercado financeiro tradicional, ainda que sejam realidades ainda bastante recentes. Os ETFs relacionados aos criptoativos são ótimos exemplos disso. Portanto, é prudente ter muita atenção à posição das empresas em relação ao metaverso na hora de investir.

Invista de olho no metaverso

Depois de ler este texto, você deve estar se preparando para investigar com bastante atenção a sua carteira de investimentos e perceber qual a influência do metaverso sobre ela. Essa é, sem dúvidas, uma necessidade para quem investe pensando em acompanhar as tendências e ter rentabilidade no longo prazo. E, para fazer isso, a sugestão é ter muita atenção às novidades e não perder os especiais sobre o mercado financeiro aqui no portal EuQueroInvestir.

Se você for iniciante nesse universo, não deixe de estudar sobre ações como um todo, pois isso dará a segurança que você precisa para dimensionar não apenas a questão do metaverso, mas todas as outras informações relevantes para o seu melhor desempenho na bolsa. E, é claro, conte com os nossos especialistas para a melhor gestão dos seus investimentos. Converse com um de nossos profissionais.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias