Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Saiba como receber a restituição do Imposto de Renda 2022 via Pix

Saiba como receber a restituição do Imposto de Renda 2022 via Pix

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

06 Abr 2022 às 14:40 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

06 Abr 2022 às 14:40 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Imposto de renda: foto de celular na página da Receita Federal

Divulgação

A restituição do Imposto de Renda 2022 pode ser feita via Pix. Essa medida visa evitar equívocos no momento do preenchimento dos dados bancários, diminuir os reagendamentos, além de tornar o processo mais simples para o contribuinte. 

O ressarcimento do Imposto de Renda, até 2021, era feito por uma das três opções: conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento. Agora, o contribuinte poderá receber a restituição via pagamento instantâneo, informando sua chave PIX CPF. Com isso, o reembolso será depositado na conta vinculada ao documento. 

A Receita Federal comunicou que não será possível receber a restituição do Imposto de Renda 2022 em contas bancárias de terceiros. Além disso, o contribuidor não poderá receber o valor em sua conta-salário. Já em situações de contas conjuntas, as duas pessoas podem indicar a restituição via Pix. 

Como receber a restituição do Imposto de Renda 2022 via Pix 

O procedimento para receber a restituição do Imposto de Renda 2022 via Pix é bem simples: no momento do envio da declaração, surgirá uma tela solicitando os dados da conta. Assim que ela aparecer, é só selecionar a opção “Pix”, informar a chave, clicar e enviar. 

De acordo com a Receita Federal, o valor do ressarcimento é atualizado pela taxa básica de juros (Selic) acumulada – a contagem deverá ser feita a partir do mês subsequente à data final da entrega do documento até o mês que antecede o pagamento -, além de 1% pertinente ao mês de depósito. 

Vale lembrar que, depois de encaminhado ao banco, o valor da restituição não sofrerá alterações, independentemente do dia do ressarcimento. 

Regras de priorização continuam as mesmas 

Mesmo com a possibilidade de restituição via Pix, as regras de prioridade dos pagamentos por lote continuam valendo. Desta forma, idosos (a partir dos 60 anos), pessoas com deficiência e professores continuam como grupos prioritários. 

Em relação aos docentes, porém, é necessário que a principal fonte de renda seja ligada a atividades no magistério. 

As pessoas que entregarem a declaração com antecedência também asseguram a prioridade no recebimento. 

Ontem (5) a Receita Federal prorrogou o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda. Os contribuintes podem enviar os documentos até o dia 31 de maio.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias