Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
BTG (BPAC11) mantém compra para Direcional (DIRR3) após 4TRI21

BTG (BPAC11) mantém compra para Direcional (DIRR3) após 4TRI21

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

15 Mar 2022 às 21:07 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

15 Mar 2022 às 21:07 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

BTG

Divulgação

O BTG Pactual (BPAC11) avaliou os resultados da Direcional (DIRR3) no quarto trimestre. Segundo o banco de investimentos, a empresa que atua no setor de engenharia obteve resultados considerados bons. E com isso, o banco manteve a recomendação de compra ao preço-alvo de R$ 18.

O Ebitda ajustado foi de R$ 110 milhões e este valor ficou 14% acima das estimativas, porém o LPA registrou menor índice e contabilizou R$ 0,30, que está 15% abaixo das projeções do BTG. Isto resultou devido à ocorrência de maiores despesas com juros minoritários.

A Direcional ainda anotou a receita líquida de R$ 487 milhões, com crescimento de 14% ao ano e 3% abaixo dos cálculos do banco de investimentos. O ROE anualizado foi de 14%.

BTG (BPAC11): geração de caixa em R$ 19 milhões

A companhia registrou o montante de R$ 19 milhões em sua geração de caixa. O cenário não foi impactado devido as transferências entre clientes e bancos e ao crescimento nas operações da Direcional.

A dívida líquida da empresa foi de R$ 207 milhões e a relação Dívida líquida/patrimônio foi de 14%, o que é considerado confortável para o banco de investimentos.

De acordo com o BTG, a empresa mantém o seu foco na estabilidade e é previsto que a Direcional continue na distribuição de dividendos expressivos.

Empresa tem 4TRI21 considerado forte

Segundo o relatório do banco de investimentos, a Direcional apresentou um ROE sólido em 14% e este índice serviu como alerta para os investidores, pois houve registro de margens elevadas o que contribuiu para a geração de caixa.

O mercado imobiliário e de construção civil tem sido afetado pelo aumento nos custos da construção. A empresa não foi atingida pelas margens que estão pressionadas e compensou a dificuldade através de valores mais altos em suas vendas e em segmentos que estão fora do programa CVA, como por exemplo através da marca Riva.

 

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias