Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Tesla (TSLA34) faz desdobramento de ações; entenda o que pode ocorrer

Tesla (TSLA34) faz desdobramento de ações; entenda o que pode ocorrer

Matheus Gagliano

Matheus Gagliano

24 Ago 2022 às 16:54 · Última atualização: 24 Ago 2022 · 3 min leitura

Matheus Gagliano

24 Ago 2022 às 16:54 · 3 min leitura
Última atualização: 24 Ago 2022

Tesla (TSLA34)

Logotipo da Tesla com as letras marcada em destaque por luzes em um fundo vermelho fosco

A Tesla (TSLA34) realiza nesta quarta-feira (24) o desdobramento de suas ações na bolsa de valores dos Estados Unidos na proporção de 3 para 1. Ou seja: cada ação da companhia de Elon Musk será desdobrada em três. A ideia é tornar os papéis com uma liquidez maior, ampliando o acesso às ações.

Esse tipo de operação ocorre porque os papéis da fabricante de automóveis elétricos atingiram um valor muito alto e então, dividindo as ações em uma quantidade maior, estas possam ser compradas por mais investidores, de acordo com a Exame.

Atualmente, o valor de cada ação da empresa na bolsa de valores de Nova York está estimada em torno de US$ 300. Com o desdobramento, espera-se que esse valor caia, atraindo mais investidores.

Segundo a publicação, nos últimos 12 meses, os papéis da companhia subiram 25,75% na Nasdaq, onde são negociados. Porém, desde o começo do ano, já acumulam perdas de 18% devido ao desaquecimento da economia norte-americana.

Tesla (TSLA34): segundo desdobramento em dois anos

A companhia já havia feito uma operação semelhante em 2020. Naquela ocasião, o desdobramento foi feito na proporção de 5 para 1. Naquele momento, os papéis atingiram uma valorização de 60% entre o anúncio da operação e sua execução.

Além da Tesla outras grandes companhias norte-americanas que já fizeram o mesmo movimento esse ano foram a Amazon (AMZO34) e a Alphabet (GOGL34), dona do Google.

A operação envolvendo a gigante de automóveis elétricos levará em conta a posição acionária até 17 de agosto. Além da proporção, o preço da ação será dividido por três, reduzindo-se o valor de cada papel.

Bom momento

A Tesla começou a negociar os seus papéis ao valor de US$ 17 no mercado, em 2010. O desdobramento de 2020 expandiu a empresa em 128%, o que totalizou o montante de US$ 1 trilhão de dólares para a Tesla em seu valor de mercado e desta forma, a empresa se transformou em uma das principais montadoras dos Estados Unidos.

Ao longo de sua trajetória, a Tesla contabilizou a entrega de quase 1 milhão de carros elétricos e conseguiu aumentar a sua produção através de novas fábricas na América do Norte e Europa.

Apesar do bom momento, a empresa pioneira do CEO Elon Musk conta com obstáculos relacionados à concorrência. Montadoras tradicionais como Ford e startups como Rivian começaram a investir no desenvolvimento de novos automóveis que são movidos por eletricidade.

Quer saber mais sobre a Tesla (TSLA34) e como investir melhor? Preencha o formulário que um assessor da EQI entrará em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias