Ações
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Taurus Armas (TASA4): EQI Research recomenda compra, com preço-alvo de R$ 27

Taurus Armas (TASA4): EQI Research recomenda compra, com preço-alvo de R$ 27

Victor Meira

Victor Meira

22 Set 2022 às 17:10 · Última atualização: 22 Set 2022 · 3 min leitura

Victor Meira

22 Set 2022 às 17:10 · 3 min leitura
Última atualização: 22 Set 2022

Pistola e maleta de armazenagem

Divulgação Taurus Armas (TASA4)

A EQI Research iniciou a cobertura da Taurus Armas (TASA4), com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 27 para dezembro de 2023. Isto significa um potencial de valorização de mais de 65%, considerando a cotação desta quinta-feira, de R$ 16,41 (às 16h23).

A Taurus é líder mundial na produção de armas curtas (revólver e pistolas). A companhia tem unidades fabris no Brasil (em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul) e nos Estados Unidos (em Bainbridge, na Geórgia), com uma capacidade de produção de 10 mil armas por dia.

As vendas estão concentradas no mercado americano (65,2% da receita líquida), brasileiro (28,6%) e o restante nos demais países. 

Além disso, a TASA também está presente na divisão de capacetes. 

Gráfico de linhas dos últimos cinco anos da Taurus Armas (TASA4)
Taurus Armas (TASA4) teve uma valorização de 305% desde a posse do presidente Jair Bolsonaro

Por que investir na Taurus Armas (TASA4)?

Segundo a EQI Research, a recomendação de compra da Taurus é baseada no plano de expansão da companhia para aumentar a sua capacidade de produção em 40% até 2026, com a reforma e ampliação da unidade fabril no Brasil.

A expansão deve contribuir para um aumento significativo dos resultados e para a geração de caixa da TASA. Ademais, essa operação deve manter e melhorar, de forma gradual, as suas margens com o aproveitamento da alavancagem operacional gerada pelos maiores volumes.

A TASA também deve distribuir um retorno elevado para seus acionistas, com dividend yield médio de 9% nos próximos 4 anos, mesmo sem distribuir integralmente seu lucro líquido”, diz o relatório da EQI Research assinado por João Neves.

Principais riscos

A EQI Research cita três fatores para ficar atento em relação aos riscos de investir na Taurus:

  • A regulamentação do setor de armamentos, que já é altamente regulado, pode sofrer, embora remotas, alterações nas leis nos próximos meses;
  • Deterioração do cenário competitivo, dificultando a colocação do aumento de capacidade e pressionando volumes e preços negativamente;  
  • Execução do plano de expansão, que demandará um volume expressivo de investimentos e pode não ter os resultados esperados, com adição inferior de capacidade ou maior necessidade de capital do que o inicialmente previsto.

Quer saber mais sobre a Taurus (TASA4), clique aqui, fale com um dos assessores da EQI Investimentos e tenha acesso exclusivo aos relatórios da EQI Research.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias