Mercados
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Resumo da semana: EUA tem dados mistos de inflação; Brasil tem otimismo com PIB

Resumo da semana: EUA tem dados mistos de inflação; Brasil tem otimismo com PIB

Claudia Zucare

Claudia Zucare

16 Set 2022 às 16:36 · Última atualização: 16 Set 2022 · 7 min leitura

Claudia Zucare

16 Set 2022 às 16:36 · 7 min leitura
Última atualização: 16 Set 2022

foto de calendário

A divulgação de dados mistos de inflação nos Estados Unidos ao longo da semana reforçaram o cenário de incertezas às vésperas da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed), banco central americano.

O Fomc se reúne nos dias 20 e 21 de setembro e deve elevar os juros em 0,75 ponto porcentual.

Já no Brasil, o grande destaque foram as revisões para cima do Produto Interno Bruto (PIB).

O país também vive a expectativa pela reunião do Copom, dias 20 e 21, quando a Selic, atualmente em 13,75%, pode sofrer novo ajuste residual – apesar de esta não ser a opinião dominante.

Na zona do euro, teve novo recorde inflacionário.

Confira o que foi destaque no resumo da semana.

Resumo da semana no Brasil

Revisões para cima do PIB 2022

Secretaria de Política Econômica (SPE), do Ministério da Economia, elevou a estimativa de 2% para 2,7%. 

Já o Banco Central do Brasil divulgou o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado uma prévia do PIB, que subiu 1,17% em julho ante junho. O resultado veio bem melhor do que a projeção de 0,50%. E corrobora as expectativas altistas. 

A EQI Asset revisou o PIB de 2022 de 2,2% para 2,5%, apesar da expectativa de desaceleração no quarto trimestre. 

“Como o primeiro e o segundo trimestres foram muito bons, mesmo que você tenha uma desaceleração no quarto trimestre, você contrata uma projeção melhor para o ano”, explica Stephan Kautz, economista-chefe da gestora. 

Gráfico com PIB Brasil: realizado e projeção
PIB Brasil: realizado e projeção. Fonte: Boletim Macrofiscal

Serviço surpreende, mas varejo vem ruim

Divulgada nesta quarta-feira (14), a Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE, veio abaixo da projeção do mercado: caiu 0,8%, quando a expectativa da EQI Asset era de queda de 0,1%. Este foi o terceiro resultado consecutivo de taxa negativa. 

No acumulado de 2022, o varejo registra variação de 0,4%. Já nos últimos 12 meses, o setor acumula queda de 1,8%. 

“O consumo tem vindo um pouco melhor, porém, não dá para ficar super otimista com essa perspectiva, visto que a renda real continua contraindo, apesar da melhora do mercado de trabalho”, destaca Kautz.

gráfico desempenho do varejo
Fonte: EQI Asset

Já na segunda-feira (13), a Pesquisa Mensal de Serviços surpreendeu positivamente, apresentando alta de 1,1%, ante expectativa de 0,7%.

Gráfico desempenho setor de serviços
Fonte: EQI Asset

IGP-10 tem deflação

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), da FGV, recuou 0,90% em setembro. Em agosto, houve deflação de 0,69%. Com isso, o índice acumula alta de 7,45% no ano e de 8,24% em 12 meses. Comparativamente, em setembro de 2021, o índice caía 0,37% no mês e acumulava elevação de 26,84% em 12 meses. 

Nubank (NUBR33) deixa de ser listado na B3

Entre as empresas, destaque na semana para o Nubank (NUBR33), que decidiu deixar a B3 e descontinuar o programa de BDRs. Agora, o banco digital segue listado apenas na Nyse, em Nova York. Veja o que acontece com os BDRs.

Resumo da semana no exterior

Dados mistos de inflação

A inflação ao consumidor dos EUA (CPI na sigla em inglês) causou surpresa no mercado com alta de 0,1% quando se esperava uma deflação de 0,1%. Já a inflação ao produtor registrou deflação de 0,1%, em linha com o consenso do mercado.

CPI em 12 meses, por categoria. Fonte: BLS
CPI em 12 meses, por categoria. Fonte: BLS

Para Stephan Kautz, economista-chefe da EQI Asset, o resultado da inflação ao produtor deve ajudar a conter a alta do próximo PCE, Índice de Preços para Despesas com Consumo Pessoal, medida favorita do Federal Reserve (Fed), que deve ficar em 0,1%, com núcleo de 0,4%.

“O PPI (Índice de Preços ao Produtor) pode indicar que o CPI (Índice de Preços ao Consumidor), que foi uma surpresa forte de inflação para cima, foi, na verdade, pontual e não uma tendência”, afirma.

Para a reunião de política monetária do próximo dia 21, a expectativa segue em alta de 0,75 ponto porcentual.

Inflação recorde na zona do euro

Índice de Preços ao Consumidor (CPI) da zona do euro atingiu 9,1% ao ano em agosto, novamente marcando uma máxima histórica.

Gráfico mostra a evolução da inflação na zona do euro.
Inflação zona do euro. Fonte: Eurostat

Dados positivos na China

Na China, vendas no varejo e produção industrial vieram positivas. A produção industrial teve alta anualizada de 4,2% em agosto, acima da projeção de 4%. As vendas no varejo avançaram 5,4%, quando a expectativa também era de 4%.

Bank of China (BoC) mantém juros

O banco central chinês manteve inalterada a taxa de juros e definiu repasses a empresários, a fim de combater a desaceleração da economia. 

Cerca de 200 bilhões de yuan (US$ 28,73 bilhões) serão destinados a fabricantes e prestadores de serviços via empréstimos para atualização de maquinário. Os empréstimos serão feitos com juros máximos de 3,2%, sendo que o governo subsidiará 2,5%. 

Pandemia perto do fim

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fala em fim da pandemia de Covid-19, mais de dois anos após o anúncio oficial.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que o mundo nunca esteve em posição melhor para acabar com a pandemia.

Leia também:

Gostou do resumo da semana? Busca assessoria para investir melhor? Clique aqui e fale com um assessor da EQI Investimentos.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias