Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Conheça o livro de Benjamin Graham que é um guia para se dar bem na bolsa

Conheça o livro de Benjamin Graham que é um guia para se dar bem na bolsa

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

06 Dez 2020 às 10:00 · Última atualização: 06 Dez 2020 · 5 min leitura

Redação EuQueroInvestir

06 Dez 2020 às 10:00 · 5 min leitura
Última atualização: 06 Dez 2020

O Investidor Inteligente, de Benjamin Graham, é o guia clássico para ganhar dinheiro na bolsa

O livro O Investidor Inteligente foi escrito por Benjamin Graham, o maior consultor de investimentos do século XX. Mesmo com a virada do século, a obra é vista por muitos como “o melhor livro de investimentos de todos os tempos”.

Nele, Graham ensina investidores a não cometerem erros substanciais. Ele foca, principalmente, na combinação de educação financeira, pleno conhecimento do mercado e visão de longo prazo.

O livro coloca como um dos conhecimentos de mercado fundamental, a visão de oscilação. Mesmo com quase um século desde a sua publicação, depois de tantas mudanças no mercado financeiro, esse fator continua sendo a base da renda variável, como o próprio nome já diz.

O Investidor Inteligente é uma das leituras recomendadas pelos especialistas da EQI Investimentos.  Está entre as obras que eles leram, gostaram e indicam.

As oscilações de humor do Sr. Mercado

Benjamin Graham faz a seguinte analogia: imagine que você compra a parte de um negócio por R$ 10 mil. Todos os dias, um dos seus sócios, chamado Sr. Mercado, resolve te dizer quanto ele está disposto a pagar pela sua parte do negócio, ou te vender mais da parte dele do negócio, por um determinado valor. Geralmente, as ideias dele sobre o valor são sempre justificadas pela perspectiva do negócio de vocês.

No entanto, como todo ser humano, o Sr. Mercado também oscila conforme seu humor. Às vezes, ele está muito entusiasmado e decide comprar a sua parte do negócio por um valor acima do justificado pela perspectiva de negócio, e, às vezes, ele está mais inseguro, deprimido, e oferece menos do que o que ele realmente vale.

Se você é o investidor inteligente, você se deixaria influenciar pelas oscilações de humor do Sr. Mercado? É isso que acontece hoje nos aplicativos e sites de ações, por exemplo. O autor mostra que é fácil ser influenciado pelas cotações quando se olha para elas a todo momento. Ser atingido pelo entusiasmo e comprar na alta, ou ser atingido pela depressão e vender na baixa.

Assim, o livro ensina que o investidor inteligente deve aprender a lidar com as oscilações do Sr. Mercado. Deve se manter racional e seguir seu método pré-definido, sem se levar pela onda. É fundamental ter controle emocional e conhecimento sobre seus próprios investimentos.

Fazendo isso, é possível lucrar com as oscilações do Sr. Mercado agindo justamente de forma oposta ao que ele propõe. Ou seja, vender quando os ânimos estão exaltados e os preços elevados e comprar quando ele está desanimado, oferecendo preços baixos.

Clique aqui para comprar na Amazon O Investidor Inteligente

É preciso estar confortável para investir em ações

Graham nos ensina que só devemos investir no mercado de ações se estivermos confortáveis no curto prazo. Isso porque, se você não tiver uma reserva de emergência e vier a precisar do dinheiro investido em ações rapidamente, não poderá escolher qual o melhor momento para vender as suas ações. Ou seja, pode vir a perder dinheiro.

“No curto prazo, o mercado é uma urna de votação. No longo prazo, ele é uma balança”, diz o autor. Ele desmistifica a ideia de que se pode ganhar dinheiro rápido, muitas vezes comprada por investidores inexperientes.

É preciso entender que, se há pessoas que se saem bem na bolsa, é porque há pessoas que se saem mal. Assim, o melhor a se fazer, é se manter na média. Os rendimentos podem até ser um pouco menores do que o de quem se arrisca mais, mas, as perdas também serão provavelmente menores, o que torna tudo mais equilibrado.

Para Graham, devemos nos manter na média

Para se manter na média, o investidor inteligente deve buscar saber qual a média de rendimento da bolsa onde ele aplica. Se essa média for de 10% de retorno, por exemplo, é esse o retorno que o investidor deve esperar. Claro que, às vezes, será um pouco menor, outras maior, mas isso garante que não haja surpresas tão impactantes.

É importante entender ainda que se manter na média não exclui a diversificação de carteira. Ela é importante para garantir justamente esse equilíbrio. Investimentos mais arriscados, contrapostos a investimentos mais seguros e, a maior parte deles: no meio termo.

O investidor inteligente conhece seu negócio

Outro ensinamento valioso de O Investidor Inteligente é que, se ao comprar ações, você se torna sócio de uma empresa, é preciso pensar como dono. Conheça o negócio da empresa da qual está adquirindo ações. Preveja as possíveis perdas, os possíveis ganhos e que tipo de oscilação ela pode vir a ter.

Além do ramo de negócio, pesquise qual o histórico administrativo de uma empresa. Afinal de contas, não basca a ideia do empreendimento ser boa, o mercado estar favorável, se a gestão não for eficiente. Só assim, você se torna um investidor e não um especulador. E, quanto mais o investidor souber onde está pisando, lembra o autor, mais são as suas chances de ter sucesso.

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.

A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias