Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Melhores investimentos do mês: confira os destaques de junho

Melhores investimentos do mês: confira os destaques de junho

Matheus Gagliano

Matheus Gagliano

01 Jul 2022 às 15:37 · Última atualização: 01 Jul 2022 · 3 min leitura

Matheus Gagliano

01 Jul 2022 às 15:37 · 3 min leitura
Última atualização: 01 Jul 2022

melhores investimentos do mês

No ranking dos melhores investimentos do mês, na parte de renda fixa, o destaque ficou por conta do Tesouro Selic 2025, segundo levantamento divulgado pela Exame. No mês apurado, esse investimento apresentou uma rentabilidade de 1,09%. Já no lado da renda variável, sobressaiu-se o fundo multimercado investimento no exterior, que apresentou uma evolução de 1,42% no mês.

Na outra ponta, entre renda fixa, o pior investimento de junho foi o Tesouro IPCA+ 2045. Essa aplicação caiu 5,69% ao longo de todo o mês. De acordo com a publicação, o que pressionou esse título para baixo foi a marcado a mercado devido a um cenário de incertezas, com aumento da percepção de risco por parte dos investidores. Com isso, esse ativo registrou um preço mais alto.

Melhores investimentos do mês: confira os destaques entre renda fixa…

  • Tesouro Selic 2025: +1,09%
  • Fundos de renda fixa – duração baixa – grau de investimento: +0,9%
  • Tesouro prefixado 2023: +0,85%

…e os piores em renda fixa

  • Tesouro IPCA+ 2045: -5,69%
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2050: -3,32%
  • Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2045: -3,12%

Fundos multimercado investimento no exterior têm melhor desempenho em renda variável

Já entre os investimentos de renda variável, os fundos multimercado da modalidade investimento no exterior registraram o melhor desempenho, com ganhos de 1,42% no mês. Porém, o fundo de ações índice ativo recuou 10,6% ao longo de junho.

Confira os melhores em renda variável…..

  • Fundo multimercado investimento no exterior: 1,42%
  • Fundo Multimercado livre: 0%
  • Fundo de ações investimento no exterior: -4,67%

…e os piores entre a renda variável

  • Fundo de ações índice ativo: -10,6%
  • Fundo de ações valor/crescimento: -10,08%
  • Fundos de ações livre: -7,73%

Entenda o cenário de junho

Entre os fatores que influenciaram o mês de junho e consequentemente os investimentos, foi subida de 0,50 ponto percentual da taxa Selic. Com isso, a taxa básica de juros chegou a 13,25% ao ano.

Além disso, o IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo – veio em 0,47% no mês, sendo que o acumulado do ano foi de 4,78%; ao passo que nos últimos 12 meses foi de 11,73%, segundo divulgado no começo do mês.

No lado do Ibovespa, o mês também foi difícil. Ao longo do mês, o índice nacional registrou perdas de 11,50%, ao passo que no acumulado de 2022, houve retração de 5,99%.

Quer saber mais sobre os melhores investimentos do mês e como investir melhor? Preencha o cadastro que um assessor da EQI Investimentos irá entrar em contato.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias