Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Itaúsa (ITSA4) paga JCP; Banco do Brasil (BBAS3) também divulga proventos

Itaúsa (ITSA4) paga JCP; Banco do Brasil (BBAS3) também divulga proventos

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

14 Fev 2022 às 22:54 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

14 Fev 2022 às 22:54 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Itaúsa; ITSA4

A Itaúsa (ITSA4) divulgou, nesta segunda-feira (14), a data do pagamento de juros sobre capital próprio da companhia que será depositado no dia 11 de março de 2022.
De acordo com comunicado assinado pelo Diretor de Relações com Investidores, Alfredo Egydio Setubal, os JCPs que foram declarados até o dia 8 de novembro e possuem posição acionária final no dia 23 de novembro correspondem ao valor total de R$ 0,15472 por ação. Com o desconto de 15% do imposto de renda, a quantia fica em R$ 0,131512.
Já os juros sobre capital próprio que foram declarados até o dia 13 de dezembro, com data de posição acionária até o dia 14 de janeiro, correspondem a R$ 0,13334 por ação. Com a retenção do leão, o valor fica em R$ 0,113339.

Banco do Brasil (BBAS3) paga dividendos e JCPs

O Banco do Brasil (BBAS3) aprovou na última quinta-feira (10), a distribuição de dividendos e juros sobre capital próprio. Em relação aos JCPs o valor total é de  R$ 1.296.029.951,98, já nos dividendos a quantia autorizada é de R$ 1.015.303.989,97. Em ambos os casos, os valores são relacionados ao quarto trimestre de 2021 e serão pagos no dia 11 de março.
De acordo com comunicado do BBAS3, o valor referente a ação é de R$ 0,35981204515 nos dividendos e R$ 0,45929809417 nos juros sobre capital próprio. A quantia será atualizada de acordo com a taxa Selic, referente ao dia 31 de dezembro até a data do pagamento, no caso dia 11 de março. Já a posição acionária será no dia 2 de março de 2022.
O Banco do Brasil irá pagar  o crédito  por conta corrente, poupança-ouro ou por caixa. Os acionistas que estiverem com seus dados irregulares terão o benefício suspenso. Vale destacar, que os investidores que possuem ações relacionadas a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC) deverão recorrer a entidade para receber o repasse.

Vix cancela IPO

A Vix Logística S.A. pediu a CVM para cancelar o IPO, o que interrompe a oferta pública de distribuição de ações ordinárias. De acordo com comunicado divulgado nesta segunda-feira (14), o obstáculo da empresa foi a instabilidade no atual mercado.  A Vix é a décima quarta companhia a desistir do IPO em 2022.
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias