Economia
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Inflação: IPC-Fipe desacelera para 0,76% na 3ª leitura de maio

Inflação: IPC-Fipe desacelera para 0,76% na 3ª leitura de maio

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

25 Mai 2022 às 12:38 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 2 min leitura

Redação EuQueroInvestir

25 Mai 2022 às 12:38 · 2 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

Inflação: IPC-Fipe desacelera em relação à segunda leitura de maio. (Foto: Pexels)

IPC-Fipe desacelera em relação à segunda leitura de maio. (Foto: Pexels)

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,76% na terceira quadrissemana de maio, desacelerando em relação ao ganho de 1,04% da segunda prévia do mês. 

Na leitura divulgada nesta quarta-feira (25), cinco dos sete componentes do IPC-Fipe aprofundaram deflação e/ou perderam força entre a segunda e a terceira leitura.

  • Habitação (de -0,43% para -0,73%)
  • Alimentação (de 2,20% para 1,56%)
  • Transportes (de 1,62% para 1,42%)
  • Saúde (de 0,40% para 0,20%)
  • Educação (de 0,11% para 0,08%)

Em contrapartida, itens como Despesas Pessoais e Vestuário tiveram avanços em relação à leitura da segunda quadrissemana de maio do IPC-Fipe.

  • Despesas Pessoais (de 2,16% para 2,25%)
  • Vestuário (de 1,21% para 1,24%)

Veja abaixo como ficaram os componentes do IPC-Fipe na terceira quadrissemana de maio:

GruposPonderação (%)Variação (%)Variação
Ponderada p.p.
Habitação31,1245-0,73-0,2287
Alimentação24,54941,560,3818
Transportes14,72121,420,2083
Despesas Pessoais13,64432,250,3038
Saúde6,08680,200,0123
Vestuário6,62141,240,0816
Educação3,25240,080,0026
Geral100,00000,760,7600

O que é o IPC-Fipe?

O IPC-Fipe, conhecido como Índice de Preços ao Consumidor, avalia a evolução do custo de vida das famílias que moram em São Paulo e é um dos índices utilizados pelo mercado para acompanhar o avanço da inflação. Ele estima as variações do custo de vida das famílias com renda familiar entre 1 e 10 salários mínimos.

O indicador é um dos mais antigos cálculos de inflação do Brasil. Ele começou a ser calculado em janeiro de 1939 pela Divisão de Estatística e Documentação da Prefeitura de São Paulo. Em 1968, a responsabilidade do cálculo foi transferida para o Instituto de Pesquisas Econômicas, vinculado ao Departamento de Economia da USP e, posteriormente em 1973, com a criação da Fipe, para esta instituição.

  • Quer entender a melhor forma de investir para vencer a inflação? Preencha este formulário e um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para tirar suas dúvidas e mostrar as melhores aplicações disponíveis!
A retomada das Criptos?
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias