Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Cannabis: em decisão inédita, STJ autoriza cultivo para fins medicinais. Conheça esse mercado bilionário

Cannabis: em decisão inédita, STJ autoriza cultivo para fins medicinais. Conheça esse mercado bilionário

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

15 Jun 2022 às 11:42 · Última atualização: 15 Jun 2022 · 4 min leitura

Redação EuQueroInvestir

15 Jun 2022 às 11:42 · 4 min leitura
Última atualização: 15 Jun 2022

investir em maconha

Se há 10 anos, um investidor falasse que quer aplicar no mercado de maconha provavelmente seria taxado como louco. Em casos extremos, seria denunciado como financiador de um mercado ilegal. Mas o negócio vem mudando rápido e profundamente nos últimos anos ao ponto que investidores brasileiros já podem aplicar em indústrias do produto pelo mundo todo, mesmo a maconha não sendo legalizada no país.

Algumas notícias aquecem o mercado, como a decisão inédita do Supremo Tribunal de Justiça da última terça-feira (14), que permitiu a três pessoas cultivo de maconha para uso medicinal. Elas estão autorizadas a fazer plantio sem que conduta seja considerada crime. A decisão vale só para os casos julgados, mas abre precedente e pode orientar outros processos.

Especialistas dizem que este pode ser o maior mercado do mundo e investir em maconha pode ser um bom negócio.

Segundo dados da consultoria especializada BDSA, o mercado global dos produtos à base de cannabis pode atingir US$ 61 bilhões até 2026.

Com mudanças possíveis no setor, especialistas dizem que a maconha trará boas oportunidades de ganhos a investidores, mesmo aos pequenos, independentemente de serem contra ou a favor da legalização.

Investir em cannabis? Cannabis do bem: um filme da Monett

Quais são os benefícios reais dos canabinóides? Por que a cannabis tem sido mais e mais usada em todo mundo para os mais diversos tratamentos? Quais os impactos da indústria canábica na economia? O investimento é legal? Vale a pena investir no setor?

Descubra as respostas para todas estas questões em vídeo exclusivo da Monett!

Como investir em cannabis

No Brasil, existem algumas maneiras de entrar neste mercado, via investimento direto em ações estrangeiras, em fundos de investimentos, em COEs e ETFs.

Ações

Algumas empresas listadas em bolsa (todas estrangeiras): Organigram, Green Organic Dutchman, Aphria, Canopy Growth, Aurora e Tilray.

Para investir em ações listadas no exterior, os brasileiros precisam de uma corretora para tanto. A Avenue é uma corretora americana que, desde 2020, tem como foco facilitar o investimento de brasileiros no exterior.

Fundos de investimentos

Também indicado para os investidores menos experientes no mercado externo, há alguns poucos, mas especializados no setor de cannabis.

Os fundos de investimento trazem a vantagem de contar com gestores que acompanham e definem as melhores opções. Você pode optar por fundos de ações, mais agressivos, ou fundos multimercado, que são mais seguros por diversificar os investimentos.

ETFs

Também é possível investir, a partir do Brasil, em fundos de índice (ETFs) que replicam ativos internacionais.

Os ETFs ( Exchange Traded Funds) são fundos de investimento constituídos com o objetivo de investir em uma carteira de ações que busca replicar a carteira e a rentabilidade de um determinado índice de referência (índice subjacente).

Há, por exemplo, o ETFMG Alternative Harvest ETF (mais conhecido como MJ), um dos mais famosos ETF listados nos Estados Unidos. Ainda o AdvisorShares Pure Cannabis ETF, também dos EUA. E o Horizons Marijuana Life Sciences, listado no Canadá.

COEs

O Certificado de Operações Estruturadas é uma versão brasileira das chamadas Notas Estruturadas, bastante populares nos Estados Unidos. É um tipo de aplicação que une a segurança da renda fixa com a rentabilidade da renda variável.

Ele é indicado para quem está começando a investir no exterior e ainda está receoso a respeito. E tem uma vantagem muito interessante: a maioria dos COE têm capital protegido. Isto quer dizer que o investidor recebe de volta todo o valor investido, mesmo que ocorra uma perda no investimento.

O COE pode estar atrelado a ações nacionais e estrangeiras, índices da bolsa brasileira e das bolsas americanas. E também a taxas de juros, commodities, e moedas. E a combinação destes ativos garante segurança, ao mesmo tempo em que busca mais lucratividade.

Os COEs voltados para cannabis são voltados aos índices já citados em ETFs.

Para saber sobre como investir, preencha o formulário que um assessor de investimento poderá apresentar as oportunidades de investimento.

newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias