Educação Financeira
arrow-bc
Notícias
arrow-bc
Independência financeira: você sabe exatamente o que é e como chegar lá? Nós te ajudamos!

Independência financeira: você sabe exatamente o que é e como chegar lá? Nós te ajudamos!

Redação EuQueroInvestir

Redação EuQueroInvestir

18 Abr 2022 às 20:32 · Última atualização: 24 Jun 2022 · 5 min leitura

Redação EuQueroInvestir

18 Abr 2022 às 20:32 · 5 min leitura
Última atualização: 24 Jun 2022

independência financeira: barco navegando próximo à ilha paradisíaca

Pixabay

O que significa independência financeira para você? Pagar todas as contas em dia e ainda sobrar dinheiro? Não depender do salário para sobreviver? Conseguir economizar e investir para o futuro?

Pois saiba que todas essas respostas fazem parte do que sempre foi um dos maiores sonhos de todas as pessoas: ter liberdade financeira para fazer o que quiser.

Na prática, a independência financeira é algo bastante abrangente, que depende de foco, disciplina e bons hábitos financeiros. A seguir, saiba mais sobre o assunto.

O que é independência financeira?

Basicamente, conquistar a independência financeira significa ser livre para não precisar mais trabalhar e, ao mesmo tempo, conseguir manter o orçamento em dia.

Isso não quer dizer que você não possa continuar trabalhando. Ao contrário, muitas pessoas têm o desejo de se dedicar a um projeto ou sonho de vida depois da aposentadoria. A questão é que, quando você é financeiramente independente, pode fazer isso no momento que desejar, sem que o salário faça falta.

Mas a independência financeira não se resume só a não precisar trabalhar. Nesse sentido, especialistas afirmam que existem diferentes formas de se ter autonomia financeira. Essa autonomia pode ser temporária (de curto ou médio prazo), ou pode, simplesmente, estar relacionada à não existência de dívidas. Ou seja, ter o orçamento equilibrado também proporciona segurança e liberdade em relação à vida financeira.

E como alcançar essa independência?

Quando falamos em independência financeira de forma irrestrita, quer dizer que a pessoa não está mais no mercado de trabalho. Ou seja, consegue se sustentar por meio de outras fontes que não mais o salário.

Nesse caso, pode-se obter essa fonte de rendimentos com investimentos que gerem renda passiva. Esses investimentos podem ser tanto ativos físicos – como imóveis para locação, por exemplo – quanto financeiros, como fundos imobiliários ou ações que pagam dividendos.

Existem indicadores financeiros que ajudam a encontrar investimentos que rendem bons dividendos. Nesse sentido, o mais utilizado é o dividend yield (DY), que demonstra o quanto uma ação ou fundo imobiliário pagaram de dividendos em um determinado período. Clique abaixo, e entenda como funciona e como calcular o DY dos investimentos.

Para quem é mais conservador, há também boas opções de renda fixa que geram entradas periódicas de caixa, como o Tesouro Prefixado e o Tesouro IPCA+, ambos com juros semestrais. Inclusive, em momentos de inflação em alta como o que estamos vivendo, esse investimento é bastante atrativo, pois preserva o patrimônio da desvalorização.

Homem de terno e gravata relaxa encostado em notas de dinheiro

Reprodução/Pixabay

Dicas práticas para colocar em prática a liberdade financeira

A primeira coisa a fazer quando se está planejando a independência financeira é ter total controle sobre o orçamento. Para isso, é fundamental conhecer todos os gastos, mesmo aqueles pequenos ou que não se repetem todos os meses.

Embora pareça algo óbvio, muitas pessoas não têm consciência de quanto gastam. Dessa forma, é impossível tentar algum controle sobre as despesas, e isso inviabiliza qualquer planejamento financeiro.

Para facilitar essa tarefa, confira algumas dicas que podem lhe auxiliar a alcançar a liberdade financeira:

Comece o seu planejamento financeiro

Entre outros aspectos, o planejamento financeiro envolve conhecer plenamente os gastos, evitar dívidas (ou, ao menos, torná-las compatíveis aos ganhos) e pensar no futuro financeiro. Esse é o primeiro passo para conquistar a independência financeira, independentemente da fase de vida em que você estiver.

Trate os investimentos com disciplina

Outro ponto muito importante é não pensar em investir só quando sobrar dinheiro. Em vez disso, é preciso ter disciplina para fazer sobrar algum valor, mesmo que pequeno.

Isso porque, no mundo dos investimentos, existem opções para todos os bolsos. Alguns fundos de investimentos, CDBs e Tesouro Direto podem ser boas opções para quem precisa começar aos poucos a formar o patrimônio. Inclusive, ter disciplina para fazer sobrar algum dinheiro é fundamental para que você constitua a reserva de emergência, o primeiro passo para qualquer investidor.

Estabeleça metas para o dinheiro no tempo

Depois de formada a reserva de emergência, é hora de pensar em como organizar os planos financeiros no tempo. Ou seja, é preciso definir o que se quer fazer com o dinheiro no curto, médio e longo prazo.

Não há uma divisão rígida que determine essas três esferas de tempo. Normalmente, consideramos curto prazo o período até dois anos; médio prazo, de dois a cinco anos; e longo prazo, o que acontecerá depois de cinco anos.

É muito importante ter em mente essas divisões, pois para cada prazo, haverá tipos de investimentos mais adequados. No link abaixo, saiba como escolher os melhores investimentos para cada período da vida.

Mude hábitos de consumo

Se, mesmo controlando os gastos, não for possível fazer sobrar dinheiro para investir, talvez seja o momento de rever alguns hábitos de consumo.

Nesse sentido, substituir passeios por programas mais baratos (ou mesmo em casa), rever planos de assinaturas (como internet, celular ou streamings) ou mesmo testar novas marcas no supermercado são ações que podem surtir bons efeitos quando o objetivo é economizar. A princípio, pode parecer trabalhosa e insipiente a economia de pequenos valores. No entanto, o somatório desses gastos faz muita diferença no longo prazo!

(Por Carla Carvalho)

  • Se você está em busca de estratégias para conquistar a independência financeira, que tal contar com uma assessoria especializada? Preencha este formulário que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato para mostrar as aplicações disponíveis!
newsletter
Receba informações exclusivas em seu email

Últimas notícias